Amazônia Cidades

A BR 319 já tem linha de ônibus entre Manaus e Porto Velho

rodovia
Redação
Escrito por Redação

A empresa Eucatur, pioneira no transporte de passageiros no Brasil, retoma a partir deste domingo, às 22 horas, o trecho Porto Velho (RO) a Manaus (AM).

De acordo com o gerente da Eucatur em Porto Velho, Maximino Bedim, as viagens, partindo da capital rondoniense, vão acontecer sempre aos domingos, terça-feira e quinta-feira.

As saídas da capital amanozense, de acordo com o gerente, serão todas as terças, quinta e sábados, saindo da rodoviária de Manaus às 5h30min.

A viagem será pela BR-319, rodovia federal inaugurada na década de setenta pelo governo. A programação cosiste em uma parada no município de Humaitá, no Amazonas.

Atualmente empresas fazem a manutenção de trechos considerados críticos. As obras estão bastante adiantadas.

Ônibus da Eucatur sairá partindo de Manaus às 5h30min na terça, quinta e sábado.

Ônibus da Eucatur sairá partindo de Manaus às 5h30min na terça, quinta e sábado.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Na semana passada, a Assembleia Legislativa de Rondônia realizou audiência pública para tratar da reabertura da BR-319.

O evento, proposto pelos deputados Maurão de Carvalho (PP) e Airton Gurgacz (PDT), contou com representantes dos deputados do Amazonas.

O deputado estadual pelo Amazonas, Francisco Souza (PSC), assegurou que a reconstrução da BR 319 é necessária para o desenvolvimento da região Norte. Afirmou já haver recursos para a restauração da estrada federal, citando que falta vontade política.

O parlamentar amazonense agradeceu ao presidente Maurão de Carvalho pela realização da audiência pública na Assembleia Legislativa.

“Queremos discutir aqui uma estratégia de articulação com a bancada federal para o reinício da obra que é grande importância para o desenvolvimento socioeconômico da Amazônia como um todo”, destacou.

Ele anunciou para início de novembro está sendo programada uma grande audiência pública em Manaus, mas o Acre não ficará de fora, para debater a reabertura da BR.

Ele elogiou a atuação do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que defende a não necessidade da liberação de licença ambiental para a obra porque a estrada já existe. Destacou que o governador Confúcio Moura, também é favorável à reabertura da 319. “Rondônia é a recepção ou sala de visita para a recuperação da BR”, detalhou. Falou da importância da 319 para o turismo da região, dizendo entender que a rodovia é a garantia emancipação política e econômica, pois liga o Norte com as demais regiões.

Pacto pela preservação da floresta amazônica

Em 2013, uma expedição do Senado Federal percorreu a 319. Na época, o Exército Brasileiro, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade e Instituto Nacional do Meio Ambiente (Ibama), decidiram firmar um pacto de preservação da Amazônia.

O acordo já apresentou bom resultado. Na época foram apreendidos 10 mil metros cúbicos de madeira, tratores e caminhões que estavam sendo utilizados no transporte ilegal de madeira na Amazônia.

O balanço foi apresentado pelo coronel Azevedo, ao representar , em 2013, o Exército Brasileiro na expedição “BR-319 – Chega de Atoleiro”, que partiu de Porto Velho, destino a Manaus.

“A reabertura da BR facilita o trabalho de preservação da floresta. Temos uma necessidade muito grande que essa rodovia se torne perene”, disse.

A expedição foi uma realização da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal, com a participação de representantes do Ministério dos Transportes (Dnit), do Ministério do Meio Ambiente (Ibama e ICMBio), e com o apoio do Exército Brasileiro e dos governos do Amazonas e de Rondônia, além de representantes da agricultura, da indústria e do comércio dos dois Estados.

O requerimento para a realização da diligência foi de autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO). “O objetivo foi fazer com que a sociedade conheça a realidade da BR-319. Não existem nenhum impacto para reabrir a estrada. Queremos o apoio da sociedade rondoniense para que possamos interligar os estados através da malha viária. Amazonas e Roraima não têm a interligação com os demais estados da federação. Precisamos da BR reaberta para essa integração. Essa BR é importante e queremos reacender a discussão”, disse o parlamentar.

Ariquemes On Line

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

2 Comentários

error: Ops! não foi dessa vez.