Amazonas Formal & Informal

A onda de crimes volta assustar a população da cidade de Manaus

violencia
Redação
Escrito por Redação

Depois de promessas e mais promessas do comando da segurança pública no Amazonas, a onda de crimes volta a assustar a população e até o próprio efetivo da Polícia Militar e Civil em Manaus.

 

Das 18 horas até às 22 horas, desse dia 05 de agosto, foram registrados cinco assassinatos a tiros, em várias partes da cidade.

 

A violência que teria amenizado nas duas últimas semanas, está assustando a população, assessores, editores de polícia nos jornais e portais no Estado e até de policiais militares que desempenham missão de alto risco na noite manauara.

 

Um deles até chama a atenção dos “competentes” secretário de Segurança Sergio Fontes, o delegado geral Orlando Amaral e o comandante da Polícia Militar Coronel Gilberto Andrade Gouvêa.

 

Os assessores mandam um aviso para os três: “a cidade está se acabando, de novo, em mortes” e um dos responsáveis diretos pela segurança, ainda disse em uma coletiva de imprensa que “não havia sido informado da onda de violência na cidade”.

 

Já que a questão é avisar, então vejam o que aconteceu só nessa noite de quarta feira, 05 de agosto. Cinco (5) homicídios registrados até agora:

 

01 – na rua Arnaldo Carpinteiro Peres, em Petrópolis, a vítima foi Erika dos Santos Oliveira de 27 anos;
01 – na rua Melo Gomes, bairro de São Francisco, próximo à Sefas, morto com três tiros na cabeça, morreu no HPS.
02 – dois no HIléia caso do PM que matou o Pai e o vizinho depois de uma discussão.
01 – caso da Uninorte que foi levado para o HPS (vítima: Marlisson Gabriel, 21 anos que veio a óbito no SPA do São Raimundo.

 

Ainda existe a informação de que um mototaxista teria sido executado por um cliente no bairro de São Raimundo, totalizando seis (06) homicídios por enquanto. Mas vale lembrar que a noite está só começando.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.