Amazonas Política Saúde

A ´proliferação´ do zica vírus é tema de debate na Câmara Municipal de Manaus

O Aedes Aegypti, o mosquito do zica vírus/Foto: Arquivo
O Aedes Aegypti, o mosquito do zica vírus/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

O aumento de casos do zika vírus em todo o Brasil, transmitido pelo Aedes aegypti, mosquito que também transmite a dengue e a febre chikungunya, foi um dos temas em destaque na sessão de ontem (10), na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Preocupados com uma possível epidemia do vírus em Manaus, os parlamentares destacaram que, além do esforço conjunto do Estado e do Município, no combate à proliferação do mosquito, é preciso, também, a conscientização e colaboração da sociedade.
O presidente da Comissão de Saúde da CMM (Comsau), vereador Dr. Ewerton Wanderley (PSDB), ressaltou que a ação de combate depende do empenho da população e da união de órgãos como a Defesa Civil, Policia Militar, agentes de Saúde e Endemias e Exercito, em uma campanha maciça na mídia de alerta sobre a proliferação do mosquito transmissor, conscientização, além dos sintomas e sequelas deixados pelo vírus. “A recomendação do Ministério Público é eliminar os focos do mosquito em água parada e se proteger com roupas compridas como calças e blusas longas, principalmente para as grávidas”, ressaltou Dr. Ewerton Wanderley.

De acordo com o parlamentar, em todo o país, houve aumento alarmante da dengue de 176% em relação ao ano de 2014 e já foi comprovada a relação entre o zika e a microcefalia em bebês, epidemia que cresce a cada dia no Brasil. Até dezembro, foram registrados 1.761 casos de microcefalia e ainda não se sabe quantos destes estão ligados ao vírus zika”, observou Dr. Ewerton Wanderley.

Na mesma linha, o vereador Joelson Silva (PHS) reforçou o tema, dizendo que todo o Brasil está em alerta e que Manaus precisa ter um plano de combate à epidemia, caso ocorra. “Nossa região é propícia para a proliferação do mosquito, por isso devemos tomar providências de combate ao transmissor e a população precisa fazer a sua parte”, completou Joelson Silva.

Ação de combate

Por sua vez, o vereador Joãozinho Miranda (PTN) destacou que o assunto é preocupante e deve ser debatido com mais amplitude na Casa Legislativa. O parlamentar aproveitou a oportunidade para informar que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) fará uma ação de combate contra a proliferação do mosquito transmissor do vírus no bairro Alvorada 1, 2 e 3. “A concentração será na Igreja Nossa Senhora do Rosário no Alvorada, às 15 horas, para fazermos uma breve reunião. Após essa reunião partiremos para o combate ‘Não a Dengue’, ao zika vírus e chikungunya”, completou o vereador.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.