Amazonas Formal & Informal

A situação das escolas municipais em Manaus é precária, diz Vereador

Vereador Waldemir José em visita à escola Municipal Alfredo Linhares, localizada no bairro São José Operário.
Vereador Waldemir José em visita à escola Municipal Alfredo Linhares, localizada no bairro São José Operário.
Redação
Escrito por Redação

A escola Municipal Alfredo Linhares, localizada no bairro São José Operário, está caindo aos pedaços, está em situação precária e sem merenda escolar. A precariedade das escolas municipais em Manaus está sendo vista pelo vereador Waldemir José (PT), durante visitas noturnas aos locais.

O vereador disse que já realizou várias fiscalizações na escola Alfredo Linhares, no bairro São José Operário, onde até o cardápio da merenda escolar, que deveria estar afixado em local público, não foi encontrado. Durante a fiscalização, os alunos disseram que a merenda escolar só tem mingau de arroz e bolacha com achocolatado, todos os dias.

“Estive na escola por volta das 19h00 e não havia ninguém que pudesse me mostrar o depósito onde deveriam ficar os produtos da merenda escolar para que eu pudesse ver a falta dos itens”, disse Waldemir José.

Vereador Waldemir José em visita à escola Municipal Alfredo Linhares, localizada no bairro São José Operário.

Vereador Waldemir José em visita à escola Municipal Alfredo Linhares, localizada no bairro São José Operário.

Waldemir disse que a estrutura do prédio da escola não está adequada. As paredes estão sem pintura, janelas com vidros quebrados, portas pela metade, bebedouro sem funcionar e trabalhadores terceirizados – merendeiras e zeladores – sem receber há quase 4 meses.

Por conta do atraso salarial dos terceirizados, Waldemir José solicitará à Câmara que faça a convocação das empresas que prestam serviços às escolas municipais para prestarem esclarecimentos sobre a falta de pagamento. Ele também solicitará ao Ministério Público do Trabalho (MPT/AM) que faça investigação sobre os salários atrasados, já que o MPT não aceitou as várias denúncias feitas pelo parlamentar sobre a falta de pagamento aos trabalhadores.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.