Acre Amazônia

AC: agente socioeducativo é preso em flagrante com armas contrabandeadas

Agente-socioeducativo-preso-em-flagrante-armas-contrabandeada
Redação
Escrito por Redação

Agentes de Polícia Civil de Xapuri concluíram na tarde de quinta-feira, 20, uma investigação de tráfico de armas que culminou com a prisão em flagrante do agente socioeducativo Francisco Jeferson Gomes de Moraes, e da cunhada dele, Jordana Vieira de Lima, moradora de Xapuri. O agente presta serviço na Pousada Aquiry em Rio Branco.De acordo com informações da polícia, o casal estaria comercializando revólveres calibres 22, adquiridos por Francisco Jeferson na cidade de Pando/BOL, e vendidos em Xapuri e Rio Branco.

 
Durante a interceptação do carro em que viaja o casal, os agentes encontraram dois revólveres calibre 22 de fabricação estrangeira e R$ 2.859,00 em dinheiro.

Após o flagrante, os agentes se deslocaram ao bairro Sibéria, Xapuri, onde mora o casal. Na casa, conseguiram apreender mais quatro armas do mesmo calibre das que foram encontradas dentro do carro.

Segundo investigação, o agente socioeducativo preso seria o comprador das armas na Bolívia. Ele supostamente adquiria as armas ao valor de R$ 200,00 e, junto com a cunhada, as revendiam ao valor de R$ 700,00.

No começo deste ano, a Polícia Civil foi alertada por peritos do Instituto de Polícia Científica de que armas calibre 22, que aparentavam ser de brinquedo, estariam sendo apreendidas em Rio Branco junto a pessoas que as utilizavam para a prática de crimes de roubo e ameaças.

A polícia suspeita que estas armas apreendidas naquele tempo em Rio Branco fazem parte do contrabando que o agente socioeducativo de Xapuri estaria comercializando aqui.

A suspeita dos investigadores ganha reforço com a descoberta de que no começo deste ano o agente socioeducativo foi preso em Rio Branco, acusado de contrabando de arma. A cunhada dele, Jordana Vieira, possui passagem pela polícia por crime de contrabando de cigarros.

(AGAZETA DO ACRE)

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.