Cidades

Adolescente morre em pronto-socorro após ser surrado por grupo de supostos traficantes

José morreu na manhã de sexta (12), no PS Dr. João Lúcio - foto: Josemar Antunes
Redação
Escrito por Redação

O estudante José Filipe Cordeiro de Oliveira, de 17 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (12), no Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio Machado, Zona Leste de Manaus, após ser espancado. O crime ocorreu durante a madrugada, na Rua Hosana, na Comunidade Alfredo Nascimento, bairro Cidade de Deus, Zona Norte.

Informações de familiares dão conta que o adolescente foi surpreendido por um grupo de pelo menos dez pessoas. Ele foi agredido e torturado, por conta de uma dívida de R$ 3 mil e sumiço de pistola, pertencente a um traficante da área.

José morreu na manhã de sexta (12), no PS Dr. João Lúcio - foto: Josemar Antunes

José morreu na manhã de sexta (12), no PS Dr. João Lúcio – foto: Josemar Antunes

Um amigo do jovem, de 32 anos, que preferiu manter o nome em sigilo, por medo de represália, disse que na noite anterior, José foi raptado por cerca de dez homens, após sair de uma igreja evangélica. Ele foi torturado e espancado por supostos traficantes em um matagal.

“Os agressores ligaram para a família e exigiram o pagamento de R$ 3 mil da dívida em drogas”, disse o amigo.

A família afirmou que José havia deixado o grupo de traficantes há um mês, para frequentar uma igreja evangélica, mas os traficantes não queriam deixá-lo em paz, até que o adolescente pagasse o valor da dívida e desse conta da arma que tinha perdido.

Conforme a Polícia Civil (PC), José Filipe respondia um ato infracional por roubo na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracioanais (Deaai).

Os autores ainda não foram identificados. O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Josemar Antunes

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.