Amazonas Esportes

Advogados tentam garantir Michel Platini em eleição da Fifa

Michel Platiny com Blatter/Foto: AFP
Redação
Escrito por Redação

Os advogados de Michel Platini anunciaram hoje, quinta-feira, que pretendem garantir a presença do francês na eleição à presidência da Fifa. O ex-jogador chegou a anunciar sua candidatura, mas seu nome foi descartado da lista de concorrentes divulgada pela entidade.
Em outubro, sete candidaturas ao pleito foram anunciadas, mas os interessados precisavam ser investigados para que fossem considerados aptos ao pleito. Agora, a Fifa oficializou apenas cinco nomes: Ali Al Hussein, Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, Jérôme Champagne, Gianni Infantino e Tokyo Sexwale.

Suspenso da Fifa, Platini foi descartado – a exemplo de Musa Bility, presidente da Federação Liberiana de futebol. Suspenso até janeiro da entidade máxima do futebol mundial, o presidente da Uefa espera o fim da punição para entrar na disputa, marcada para 26 de fevereiro.

Em comunicado, os advogados de Platini afirmaram que pretendem recorrer para incluir o francês na disputa. “Conforme declarações anteriores da comissão (eleitoral), a candidatura do senhor Platini será examinada quando terminar o período de suspensão correspondente. Portanto, não foi rechaçada de nenhuma maneira”, diz o comunicado, criticando a lentidão da Fifa para analisar o caso.

“Esta surpreendente lentidão é totalmente contraditória com a urgência citada pelo Comitê de Ética (da Fifa) para justificar a sanção provisória que foi aplicada. Platini se mantém como candidato determinado à presidência da Fifa”, completa a nota dos advogados.

Também em comunicado, Musa Bility disse que espera a ação de seus advogados para disputa o pleito. O dirigente afirma sofrer represálias pela oposição feita à Confederação Africana de Futebol (CAF).

“Acredito que minha decisão de enfrentar a CAF (em 2013) foi uma tentativa genuíno de mudar o futebol africano e evitar que regras fossem arbitrariamente violadas. Sobre a decisão da Fifa, aguardo a revisão por parte de minha equipe de advogados para determinar futuras ações”, declarou.(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.