Entretenimento

Agendamento para brinquedos no Rock in Rio frustra público e gera até briga

Rock-in-Rio-briga
Redação
Escrito por Redação

Devido à grande procura por atrações típicas de parque de diversão, como a tirolesa e a montanha russa, que geravam filas enormes nas edições anteriores, o Rock in Rio decidiu montar neste ano um esquema de agendamento por meio de um aplicativo de celular. Isso, no entanto, fez com que as vagas na tirolesa se esgotassem rapidamente, o que frustrou parte do público, e motivasse até mesmo agressões entre um rapaz e seguranças ao lado da montanha russa.Segundo os agentes de segurança que atuam próximo ao brinquedo, no início da noite, um rapaz se exaltou porque queria se divertir na montanha russa, mas não tinha realizado o agendamento. Pedindo para não serem identificados, os seguranças contaram que o jovem passou a cerca no entorno da atração e, quando um dos agentes tentou contê-lo, levou uma mordida no braço. Eles então o imobilizaram e o retiraram do local.

 
Os seguranças afirmam, no entanto, que não houve registro de ocorrência policial e o rapaz sequer foi expulso do evento, tendo sido apenas “orientado a realizar o agendamento e pegar a fila”. Até a publicação desta nota, o UOL não havia conseguido localizar o jovem para saber sua versão do ocorrido.

Já a tirolesa, atração mais procurada do festival, teve suas cerca de 700 vagas esgotadas em apenas 40 minutos, logo após a abertura dos portões da Cidade do Rock, às 14h. Quem chegou depois ficou frustrado. “Eu não sabia que tinha que agendar, senão teria vindo mais cedo”, reclamou Alessandra Silva, 35.

João Vitor Bastos, 15, saiu de Belo Horizonte para duas atrações específicas: “One Republic e a tirolesa”, disse ele, entusiasmado, antes de receber a notícia de que o agendamento estava encerrado. “É frustrante, principalmente para quem vem de outro estado. É complicado. Só tem [vaga na tirolesa] amanhã, mas comprei [ingresso do Rock in Rio] só para hoje”.

Lisy Silveira, 43, tentou se aproximar de um dos totens de leitura do aplicativo, mas desistiu quando viu a enorme fila de agendamento para a montanha-russa. “Terrível, né? Eu não consigo nem acessar o aplicativo, fica dando erro. O certo seria se você agendasse pelo site”, reclamou ela.

As amigas Fernanda Miranda, 19, e Mariana Lopes, 18, tiveram sorte. As duas chegaram no Rock in Rio por volta das 10h30 e foram uma das primeiras a entrarem no local quando os portões abriram. “Fomos direto agendar os brinquedos. Conseguimos ir em três”, disse Fernanda. As amigas brincaram na tirolesa, montanha-russa e extreme.

“Vimos pela internet que deveríamos agendar as atrações e não perdemos tempo”, contou Mariana.

Em nota oficial, o Rock in Rio comentou sobre a confusão. “O Rock in Rio é um festival de paz, que repudia atos de violência. Sobre o incidente na montanha-russa envolvendo um jovem, a organização esclarece que, ao apurar, foi informada pela Prosegur que o rapaz se recusou a sair do brinquedo, sacudindo a grade de contenção, sendo necessário a atuação da equipe”.

(UOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.