Amazonas Esportes

Alecsandro, a nona tentativa do Palmeiras em busca de gols

Alecsandro, a solução ou só mais um/Foto: Agip
Redação
Escrito por Redação

Alecsandro depende apenas de exames médicos para assinar contrato com o Palmeiras até 31 de dezembro de 2016. Será a nona tentativa do presidente Paulo Nobre encontrar um jogador capaz de fazer os gols que fazia Alan Kardec.
Jonathan Cristaldo, Pablo Mouche e Henrique Dourado foram os jogadores contratados em 2014. Já neste ano, Dudu, Kelvin, Leandro Pereira, Mouche e Rafael Marques chegaram para reforçar o elenco no início da temporada.

Passados seis meses, o diagnóstico foi de que faltam jogadores que empurrem a bola para dentro. Alecsandro chegará nos próximos dias e deve ser seguido por Lucas Barrios, paraguaio que tem ótimas possibilidades de virar reforço. Ele seria o décimo atacante contratado em um ano.

Entre os que já estão no Palmeiras, apenas Rafael Marques possui índice capaz de rivalizar com os 0,52 de média por jogo que teve Kardec em sua passagem pelo Palmeiras. O ex-atacante do Botafogo, ora utilizado pelas pontas, ora como camisa 9, marcou oito vezes em 21 partidas, o que confere índice de 0,38.

Há um ano, Kardec deixou o Palmeiras para jogar no São Paulo e abriu uma briga declarada entre os presidentes Paulo Nobre e Carlos Miguel Aidar, são-paulino. O desacerto ocorreu por uma diferença de R$ 5 mil entre o que a direção palmeirense aceitava pagar e o que Alan Kardec gostaria de receber. Irritado, ele deixou de negociar com Nobre e foi para o rival. Recentemente operado por ruptura de ligamento no joelho, Kardec corre para tentar jogar ainda em 2015.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.