Amazonas Educação

Alunos do IFAM embarcam para intercâmbio cultural, em Portugal

Alunos do IFAM rumo a Portugal/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Dez alunos do Instituto Federal de Educação do Amazonas (IFAM) embarcaram, no último sábado (12), com destino a Portugal para uma temporada de seis meses no Instituto Politécnico de Bragança. Eles cursam Medicina Veterinária e Engenharia Civil, nos campi Manaus Zona Leste (CMZL) e Manaus Centro (CMC), e terão a oportunidade de trocar experiências e aprimorar seus conhecimentos,, terras portuguesas.
O reitor do IFAM, professor Antonio Venâncio Castelo Branco e a diretora de assuntos interinstitucionais fizeram questão de acompanhar a comitiva para garantir que os alunos estejam bem instalados em Bragança. “Estamos presentes desde o início do processo e é de suma importância conhecer o local onde eles serão acomodados e estudarão, até mesmo para dar uma segurança maior aos pais que confiaram essa responsabilidade a nós”, disse Castelo Branco que aproveitará para assinar convênios de cooperação com outras instituições portuguesas.

“Também iremos a Universidade do Porto e de Lisboa formalizar a assinatura do convênio de cooperação entre essas instituições e o IFAM. Em breve teremos mais alunos passando uma temporada fora e, principalmente, estamos abrindo um leque de oportunidades para nossos professores se aperfeiçoarem em cursos de mestrado e/ou doutorado em Universidades renomadas no mundo”, destacou o reitor.

Saudades & Oportunidades

O grupo formado por Alen Henrique, Kelly Regina, Lucca Fernando, Daniela Leite, Bárbara Luiza, Ravena Hage, Débora Menezes, Kalyandra Almeida, Jéssica Barbosa e Luisa Vitória aproveitaram até os últimos momentos para curtir a família e amigos que aguardavam o embarque no aeroporto.

Para o ex-aluno do IFAM e pai de uma das estudantes, Jorge Nunes da Silva, a oportunidade que a filha está tendo é única. “Na minha época não tínhamos esse ‘privilégio’ de poder estudar fora. Foi um impacto quando soubemos que a Bárbara tinha conseguido a bolsa para estudar em Portugal. É a primeira vez que ela ficará longe da família, mas logo apoiamos a ideia, pois o conhecimento que ela vai adquirir lá fora será de grande importância no retorno ao Brasil”, disse ele.

Já para a mãe de Bárbara, Sandra Nunes, o coração fica apertado, mas a tecnologia conforta. “Ainda bem que hoje podemos contar com os aplicativos de áudio e vídeo instantâneos que amenizam a saudade e a distância”, afirmou.

Os alunos retornam a Manaus em fevereiro de 2016 para continuar com seus estudos nas áreas de medicina veterinária e engenharia civil.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.