Amazonas Educação

Alunos vencedores da 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática são premiados, em Manaus

Três dos cinco vencedores exibem suas medalhas/Foto: Cleomir Santos
Redação
Escrito por Redação

Cinco alunos de três escolas da rede municipal de educação foram premiados, hoje (14), com medalhas de prata e bronze na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), em solenidade de entrega que aconteceu no auditório da Faculdade de Agronomia Tropical da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).
Com o melhor desempenho o aluno Geovane Moreira Bastos, de 13 anos, ficou com a medalha de prata. Ele, assim como a aluna Lumma Oliveira Maia, que ficou com a medalha de bronze, são da Escola Municipal Antonina Borges de Sá, bairro São José. Outro medalha de bronze foi para a Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1, com o aluno Andervaldo da Encarnação Vitório, de 13, que é da Escola Municipal Jorge de Rezende Sobrinho.

Os outros dois medalhistas de bronze são da DDZ Oeste da Escola Municipal Rodolpho Valle. São eles Denylson Lima Dantas e Daniel de Souza Castro. Na solenidade de premiação, a Semed foi representada pela professora Renata Moraes, chefe da DDZ Leste 1, que destacou o trabalho dos professores.

O aluno Geovane Moreira Bastos, já tinha recebido medalha de bronze na edição de 2013 e se empenhou para garantir a medalha de prata na edição de 2014, que recebeu neste evento.

“Foi muito bom, pois eu já tinha conseguido o bronze, mas me preparei e conquistei a medalha de prata. Fiquei muito feliz. Os professores da escola me deram apoio. Eu fiz curso e passei a estudar mais, meu interesse é conquistar o ouro agora”, prometeu o estudante.

O pai do aluno Geovane, o vigilante Gean Protásio, ressaltou o apoio da escola para despertar o interesse do filho pelos estudos. “Dou muito apoio para ele nos estudos, incentivo bastante. Quando ele tirou o bronze nós pedimos para ele se esforçar um pouco mais para saber o que acontecia e, felizmente, veio a medalha de prata. Nosso filho tem muito apoio dos professores e da Semed. Graças a Deus, o Geovane só dá alegria. Espero que ele continue estudando e aproveitando essas oportunidades”, comemorou.

Durante a solenidade de premiação, foram entregues 103 medalhas. Houve ainda a premiação para os professores que se destacaram nas escolas.

Cinco alunos de três escolas da rede municipal de educação foram premiados, hoje (14), com medalhas de prata e bronze na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), em solenidade de entrega que aconteceu no auditório da Faculdade de Agronomia Tropical da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Com o melhor desempenho o aluno Geovane Moreira Bastos, de 13 anos, ficou com a medalha de prata. Ele, assim como a aluna Lumma Oliveira Maia, que ficou com a medalha de bronze, são da Escola Municipal Antonina Borges de Sá, bairro São José. Outro medalha de bronze foi para a Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1, com o aluno Andervaldo da Encarnação Vitório, de 13, que é da Escola Municipal Jorge de Rezende Sobrinho.

Os outros dois medalhistas de bronze são da DDZ Oeste da Escola Municipal Rodolpho Valle. São eles Denylson Lima Dantas e Daniel de Souza Castro. Na solenidade de premiação, a Semed foi representada pela professora Renata Moraes, chefe da DDZ Leste 1, que destacou o trabalho dos professores.

O aluno Geovane Moreira Bastos, já tinha recebido medalha de bronze na edição de 2013 e se empenhou para garantir a medalha de prata na edição de 2014, que recebeu neste evento.

“Foi muito bom, pois eu já tinha conseguido o bronze, mas me preparei e conquistei a medalha de prata. Fiquei muito feliz. Os professores da escola me deram apoio. Eu fiz curso e passei a estudar mais, meu interesse é conquistar o ouro agora”, prometeu o estudante.

O pai do aluno Geovane, o vigilante Gean Protásio, ressaltou o apoio da escola para despertar o interesse do filho pelos estudos. “Dou muito apoio para ele nos estudos, incentivo bastante. Quando ele tirou o bronze nós pedimos para ele se esforçar um pouco mais para saber o que acontecia e, felizmente, veio a medalha de prata. Nosso filho tem muito apoio dos professores e da Semed. Graças a Deus, o Geovane só dá alegria. Espero que ele continue estudando e aproveitando essas oportunidades”, comemorou.

Durante a solenidade de premiação, foram entregues 103 medalhas. Houve ainda a premiação para os professores que se destacaram nas escolas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.