Esportes

Amanda Nunes se torna primeira brasileira campeã do UFC

A baiana levou a melhor e conquistou o cinturão/Foto: divulgação UFC
A baiana levou a melhor e conquistou o cinturão/Foto: divulgação UFC
Redação
Escrito por Redação
A baiana levou a melhor e conquistou o cinturão/Foto: divulgação UFC

A baiana levou a melhor e conquistou o cinturão/Foto: divulgação UFC

O Brasil conhece sua primeira campeã do UFC. Neste sábado (9), na luta principal do UFC 200, em Las Vegas (EUA), Amanda Nunes atropelou Miesha Tate para conquistar o cinturão peso galo feminino da principal organização de MMA do planeta.

O duelo no octógono foi rápido. Em sua primeira defesa de cinturão, Miesha parecia cautelosa, ciente das armas de sua oponente. A norte-americana esperava pelo momento correto para levar a luta ao solo, o que tentou fazer em meados do round – sem sucesso.

Como a luta se manteve em pé, Amanda aos poucos impôs seu jogo. A baiana acertou bons socos no rosto de Miesha, o que provocou um sangramento abundante no nariz da campeã. A “Leoa”, como é conhecida, partiu para cima de olho na vitória, o que fez com que Miesha fosse ao solo. No chão, a brasileira foi rápida: pegou as costas, encaixou o mata-leão e não deu alternativas a Miesha a não ser dar os “três tapinhas” em desistência.

Assim, a categoria galo feminina, outrora dominada por Ronda Rousey, conhece sua quarta campeã em pouco mais de um semestre. Em novembro de 2015, Holly Holm nocauteou Ronda para ficar com o título, mas perdeu justamente para Miesha em sua primeira defesa, em março. Tate, então, é mais uma campeã da categoria a perder o cinturão em sua primeira defesa.

Resultados do UFC 200:

CARD PRINCIPAL
Amanda Nunes finalizou Miesha Tate (mata-leão) aos 3min16s do F1
Brock Lesnar derrotou Mark Hunt na decisão unânime dos juízes
Daniel Cormier derrotou Anderson Silva na decisão unânime dos juízes
José Aldo derrotou Frankie Edgar na decisão unânime dos juízes
Cain Velasquez derrotou Travis Browne por nocaute técnico (socos) aos 4min57s do R1

CARD PRELIMINAR
Julianna Peña derrotou Cat Zingano na decisão unânime dos juízes
Kelvin Gastelum derrotou Johny Hendricks na decisão unânime dos juízes
TJ Dillashaw derrotou Raphael Assunção na decisão unânime dos juízes
Sage Northcutt derrotou Enrique Marin na decisão unânime dos juízes
Joe Lauzon derrotou Diego Sanchez por nocaute técnico (socos) a 1min26s do R1
Gegard Mousasi derrotou Thiago Marreta por nocaute técnico (socos) aos 4min32s do R1
Jim Miller derrotou Takaroni Gomi por nocaute técnico (socos) aos 2min18s do R1

(Super Lutas)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.