Amapá Amazônia

Amapá será interligado 100% ao sistema elétrico nacional neste domingo

Redação
Escrito por Redação

Acontece neste domingo, 13, a interligação definitiva do Amapá ao SIN (Sistema Integrado Nacional de Energia Elétrica), com a presença do ex Presidente da República e Senador José Sarney, do Ministro das Minas e Energia Elétrica Eduardo Braga e do presidente da Eletrobrás/Eletronorte Gustavo Vale. Para Sarney, que com a comitiva chegou na tarde desta sexta-feira feira a Macapá, o dia é histórico: “O Amapá descortina de vez o caminho do desenvolvimento com a interligação definitiva ao sistema nacional de energia, uma antiga luta que travamos em Brasília, e que finalmente se consolida agora, com sua inauguração; e num dia histórico, porque 13 de setembro foi a data da criação do ex Território Federal”.Para o Ministro Eduardo Braga, o acontecimento vai coroar um grande esforço que reuniu a bancada federal, o Governo do Estado e o próprio governo federal: “O Senador José Sarney foi um dos grandes idealistas dessa obra, que contou com o empenho da bancada federal do Amapá, da Eletrobras/Eletronorte, de toda a equipe do Ministério das Minas e Energia e da presidente Dilma Rousseff, que mesmo em meio às dificuldades econômicas não limitou esforços para oferecer as condições necessárias à realização dessa obra tão importante”.

 
De acordo com José Sarney, o Amapá já está consumindo energia vinda do Linhão de Tucurui, mas a interligação completa ao sistema nacional, que ocorrerá domingo, consolidará o projeto, que em muito vai contribuir para o desenvolvimento do estado: “A partir de agora o estado do Amapá passa a ter energia suficiente para garantir a instalação de fábricas de médio e grande porte, gerando empregos e renda à população”.

O gerente regional da Eletrobrás Eletronorte, Robinson Marques, também falou sobre a interligação: “Uma das mudanças é que a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) deixa de comprar energia da Eletrobrás Eletronorte e passa a comprar diretamente no Sistema Nacional. As gerações locais da Eletrobrás Eletronorte, juntamente com a produção das outras hidrelétricas também vão para o SIN”.

O presidente da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), Ângelo do Carmo, comenta que foram meses de intensos trabalhos, mas os esforços valeram a pena: “Apesar dos problemas que enfrentamos, com chuvas e estruturas que tiveram que ser refeitas, conseguimos cumprir o cronograma de trabalho. A partir desde domingo, a população do estado poderá contar com uma energia mais eficientes e limpa”.

Fonte: Diário do Amapá

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.