Amazonas Destaques Educação

Amazonas conquista quatro medalhas de ouro na Olimpíada de Matemática

Medalhista de ouro Francisco Rivail/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A comissão organizadora da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), divulgou a relação dos estudantes premiados de 2015. Nesta, que foi 11ª edição da competição educativa, dentre as redes estaduais da região norte do país, a do Amazonas foi a que registrou o maior percentual de medalhas de ouro na competição. Ao todo, um total de 77 medalhas foram conquistadas pelos estudantes matriculados na rede estadual, sendo quatro de ouro, oito de prata e 65 medalhas de bronze. As escolas estaduais, também, garantiram 429 menções honrosas na competição nacional.
Aluno do 7º ano da escola estadual Manoel Rodrigues de Souza, localizada no bairro do Armando Mendes, na zona leste de Manaus, Francisco Rivail Santos da Luz Júnior, de 12 anos, foi um dos medalhistas de ouro na competição. Para ele, que no ano passado conquistou medalha de bronze na competição, o esforço pessoal conta muito para esse resultado.

“Estou muito feliz por ser um dos medalhistas de ouro na olimpíada nacional. É a segunda vez que participo da competição e conquisto medalha. Minha dedicação aos estudos contou muito para alcançar esse resultado e a cada ano, o aprendizado é maior”, contou Francisco.

Preparação – Na escola estadual Brigadeiro Camarão Telles Ribeiro, localizada no bairro do São Lázaro, zona sul de Manaus, a preparação para a olimpíada deste ano, assim como nas edições anteriores, foi intensificada com aulas de reforço.

Participando pelo segundo ano consecutivo da OBMEP, a estudante do 7º ano da escola estadual Brigadeiro Camarão, Bianca Beatriz da Silva Conde, 12, também conquistou medalha de ouro na competição. Segundo ela, o resultado se deve à sua paixão pela disciplina de Matemática, além do apoio da escola para a realização das provas.

“Essa é a minha segunda participação na OBMEP e estava bem mais tranquila. No ano passado conquistei medalha de bronze e neste ano, consegui a medalha de ouro. É um sentimento inexplicável. A Matemática já faz parte da minha existência”, afirmou a estudante, ao destacar também a relevância do trabalho de preparação que a escola promoveu para a competição.

Conquistaram ainda a medalha de ouro na OBMEP deste ano o estudante Gabriel Soares da Cruz Cassimiro, da escola estadual Waldocke Fricke de Lyra (CMPM III) e o aluno Pedro Lima Garcia, que estuda na escola estadual Nossa Senhora do Carmo, localizada no município de Parintins.

Para o secretário de Estado de Educação do Amazonas, Rossieli Soares da Silva, o resultado revela o talento dos estudantes amazonense para o segmento da matemática e a eficácia dos programas pedagógicos que estão sendo desenvolvidos na rede estadual de ensino. “É um resultado que orgulha e que engrandece, de forma conjunta, toda a comunidade escolar e educacional do Amazonas. Este resultado também nos impulsiona a almejar patamares cada vez maiores no cenário educacional do Brasil”, frisou Rossieli Soares da Silva.

OBMEP – Direcionada às escolas da rede pública, a Olimpíada Brasileira de Matemática é uma competição nacional e é dividida em três níveis competitivos, abrangendo o ensino fundamental e o ensino médio.

O objetivo da competição educativa é estimular e promover o estudo da Matemática entre os alunos das escolas públicas, contribuindo para a melhoria da qualidade da educação básica.

A relação completa dos alunos medalhistas na OBMEP deste ano pode ser acessada no endereço: www.obmep.org.br.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.