Esportes

Amazonense de Velocross reunirá mais de 90 participantes, em Manacapuru

A poeira vai subir no velocross, em Manacapuru/Foto: Mauro Neto
A poeira vai subir no velocross, em Manacapuru/Foto: Mauro Neto
Redação
Escrito por Redação
A poeira vai subir no velocross, em Manacapuru/Foto: Mauro Neto

              A poeira vai subir no velocross, em Manacapuru/Foto: Mauro Neto

Muita Poeira e o ronco da potência dos motores, vão agitar o município de Manacapuru, no fim de semana, sábado (30) e domingo (31), quando os mais de 90 pilotos vão acelerar em busca do primeiro lugar da 2ª etapa do Campeonato Amazonense de Velocross, disputas que ocorrerão no Balneário do Miriti, em Manacapuru, a 86 quilômetros de Manaus, a partir das 09h00.
Com oito categorias na disputa, o sábado será usado apenas para aquecer os motores e “amaciar” a pista de barro. Diferente do motocross, o velocross não utiliza obstáculos, o que promete pegas alucinantes em alta velocidade.

“Teremos pilotos de várias partes do Amazonas. As disputas são de alto nível em todas as categorias e serão 15 baterias. Na categoria Master VX, que reúne pilotos mais experientes, a briga vai ser apertada com disputas curva a curva, com o Saulo Garcia e com o Aldomir Zanella na briga pela liderança. Quem for prestigiar, vai gostar muito”, afirmou o organizador, Douglas Amaral.

Evento para a família

De acordo com a organização, é esperado público de cinco mil pessoas, que irão concorrer a diversos brindes. Para animar o evento, será oferecida uma estrutura especial para os fãs do velocross. “É um local montado especialmente para o público que acompanha nossas etapas e eles terão direito até a música eletrônica”, disse Amaral.

Categorias

No domingo (31), os treinos iniciam às 09h00, e a largada em busca do pódio inicia a partir das 11h00. As categorias Nacional 200 CC, Import Pro, Junior, Master VX4, Nacional (A) Pro, Nacional (B) Pro, Trilheiros e Kids Promocional estarão na briga por troféus e medalhas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.