Amazonas Formal & Informal

Antes de “a bomba estourar” diretor do Sindicargas leva documento ao MPT

Redação
Escrito por Redação

A decisão judicial da 14ª Vara da Justiça do Trabalho de Manaus, que destituiu toda a diretoria do Sindicato de Transportes de Cargas do Amazonas (Sindicargas), dia 18, por improbidade administrativa, desvio de verbas dos trabalhadores, venda ilegal do patrimônio e outras denúncias da mesma gravidade, não pegou de surpresa um dos diretores do Sindicato.

Antes que a bomba estourasse e vendo que a ex-direção destituída do Sindicargas caminhava para um terreno pantanoso, perigoso, Ronaldo de Souza Bonta (38), protocolou um documento no Ministério Público do Trabalho (MPT) informando que já não tinha interesse em participar de uma diretoria que não trabalhava em prol dos trabalhadores, como consta na Convenção Coletiva de Trabalho da instituição trabalhista.

Ronaldo protocolou o ofício dia 19 de agosto de 2015, primeiro no Sindicato. Esperou resposta da direção, como não obteve, resolveu fazer o mesmo protocolo no Ministério Público do Trabalho (MPT), em novembro de 2015. Sua intenção era se resguardar para o que já sabia que ia acontecer, disse em nota, ao site.

Como a ação que destitui a diretoria do Sindicargas é do dia 16 de fevereiro de 2016, Ronaldo acredita que o seu documento será levado em consideração pela Justiça, que o isentará de culpa pelo desvio de verbas ocorrido no Sindicato e todas as outras falcatruas, conforme já foi veiculado na mídia, inclusive, citando valores astronômicos.

Como ex-membro da diretoria, quando ocupou cargos importantes, que foram da tesouraria à secretaria geral, Ronaldo tinha conhecimento dos problemas que seriam causados com as atitudes da direção, isso o fez tomar a decisão de sair antes que “o rombo praticado nos cofres da instituição sindical” viessem a público e desencadeasse em ações na justiça do trabalho e no Ministério Público Federal. Foi o que aconteceu.

Veja documento abaixo:

Documento protocolado na MPT antes da dissolução da diretoria do Sindcargas.

Documento protocolado no MPT antes da dissolução da diretoria do Sindcargas.

Bonta.1.2

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.