Amapá Amazônia

AP: acordo no Ministério do Trabalho põe fim à greve dos rodoviários

Redação
Escrito por Redação

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) e o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Amapá (Sincotrap) homologaram acordo durante audiência nesta quarta-feira, 17, no Ministério Público do Trabalho (MPT), pondo fim à greve iniciada nessa terça-feira, 16. A greve foi deflagrada porque os rodoviários não aceitaram a contraposta dos donos das empresas, que foi de 9% em duas parcelas. O Sincotrap insistiu na reivindicação de 17%, mas recuou com o aceno do pagamento de uma só vez, já na folha de pagamento de junho.

Além do percentual de 9% no salário base, os trabalhadores terão reajuste na vale-alimentação (que passará para R$ 9) e no auxílio-alimentação que vai passar de R$ 330 para R$ 400. Esse auxílio virá em forma de cartão magnético com limite de até R$ 600. Assim, o que exceder do benefício será subsidiado pelo trabalhador. Também foi garantida a ampliação do auxílio saúde de R$ 180 mil para R$ 204 mil anuais, para custeio de plano, auxílio ou fundo de assistência à saúde dos trabalhadores. Os recursos ficarão sob a tutela do Sincotrap. O recurso é dividido em 12 parcelas. Eram de R$ 15 mil e passarão para R$ 17 mil.

Fonte: Diário do Amapá (http://www.diariodoamapa.com.br/cadernos/editorias-i/manchetes/item/4803-acordo-no-ministerio-do-trabalho-poe-fim-a-greve-dos-rodoviarios)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.