Amapá Amazônia

AP: Casa paroquial é furtada e suspeitos deixam aviso: ‘nem Bope põe a mão’

Os suspeitos levaram a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro /Foto: Rede Amazônica
Redação
Escrito por Redação
Os suspeitos levaram a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro /Foto: Rede Amazônica

Os suspeitos levaram a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro /Foto: Rede Amazônica

A casa paroquial do município de Tartarugalzinho, a 230 quilômetros de Macapá, foi invadida na madrugada desta quarta-feira (31), e os suspeitos levaram computador, instrumentos musicais e até uma imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da cidade. As paredes e móveis foram pichadas com mensagens de intimidação e violência.

A Polícia Militar (PM) informou que quatro adolescentes são suspeitos da invasão, sendo que dois deles foram presos durante a manhã, incluindo um menor de 13 anos. A PM disse também que ninguém dormia no local há pelo menos cinco dias, e que as atividades na casa eram realizadas somente durante o dia. O local fica ao lado da igreja católica da cidade.

Fotos enviadas por moradores mostram o estado deixado pelos suspeitos, com equipamentos quebrados, colchões rasgados e alimentos espalhados por toda a casa. As pichações tinham frases como: “Ladrão que é ladrão os homens não põe a mão”, “Ladrão que é ladrão nem Bope põe a mão”, e “Se tu der mancada dono da casa tu morre”, escreveram.

Eles entraram na casa paroquial após serrarem uma grade. Os policiais estão à procura dos outros dois suspeitos, que de acordo com a investigação, não estariam mais no município. (G1)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.