Amapá Amazônia

AP: Vigilância capacita profissionais para prevenir endemias na fronteira

Redação
Escrito por Redação

Cerca de 50 profissionais da saúde do município de Oiapoque receberam capacitações referentes a doenças vetoriais como leishmaniose, chikungunya, dengue e malária. As ações fazem parte da Semana de Prevenção das Doenças de Transmissão Vetorial na Fronteira Franco-Brasileira.
A dinâmica da capacitação foi ministrada por técnicos da Coordenadoria de Vigilância em Saúde do Estado (CVS). O objetivo é orientar quanto à vigilância epidemiológica, tratamento da malária e o manejo clínico da dengue e febre chikungunya.

 

“As questões referentes às doenças vetoriais precisam ser discutidas constantemente em Oiapoque, pois o que percebemos é que parte dos problemas que os agentes enfrentam é em relação à falta de orientação do morador quanto à higiene, por exemplo”, explicou a técnica da CVS, Iracilda Costa.

O agente de saúde Jailson Frota destacou a iniciativa do governo em promover as ações. “Através dos conhecimentos aqui adquiridos iremos informar a nossa população e conscientizá-la da importância da limpeza no ambiente doméstico evitando ao máximo que essas doenças se proliferem em Oiapoque”, comentou o agente.

(Diário do Amapá)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.