Amazonas Cidades

Apitaço no T4 chamou atenção para o combate a violência contra a mulher

Redação
Escrito por Redação

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) promoveu na manhã deste sábado (12) um apitaço no Terminal 4, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus. A iniciativa chamou atenção para o combate a violência contra às mulheres.

Mais de mil apitos na cor rosa, panfletos e leques foram distribuídos pelas advogadas às passageiras do transporte coletivo. Nas plataformas de embarque e desembarque, os homens também foram orientados quanto a Lei Maria da Penha.

Além do terminal, conscientização avançou para dentro dos ônibus, onde as advogadas tiveram a oportunidade de conversar com os passageiros, motoristas e cobradoras.

A ação que faz parte da campanha “A Ordem é quebrar o silêncio” foi bem aceita pela população. “Cheguei aqui e fiquei surpresa quando vi essa campanha. Achei muito legal e com o apito a gente tem como pedir socorro”, disse a doméstica Franciclei Soares.

A vice-presidente da OAB-AM, Adriana Mendonça, explicou que o T4 foi escolhido por estar localizado numa área da cidade onde as denúncias de agressão são mais comuns. “Queremos chamar a atenção para a sociedade que a agressão, a ameaça e a intimidação às mulheres precisam ser denunciadas e os homens que são os principais agressores precisam saber também que nós estamos de olho neles”, declarou.

Participaram da campanha, advogadas de diversas comissões da OAB. A presidente da Comissão OAB Mulher, Gláucia Soares, destacou que iniciativas como a deste sábado influenciam a sociedade. “Estamos com esta campanha neste mês mas a ideia e torná-la permanente porque o problema não acaba aqui. Todos os dias acompanhamos casos. No ano passado, fizemos mais de 200 atendimentos”, disse ela.

Na próxima semana, a campanha chegará também às unidades da Justiça. Na quarta-feira, o apitaço será no Fórum Trabalhista, no Centro e na quinta-feira, no Fórum Henoch Reis, no bairro Adrianópolis.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.