Amazonas Cidades

Após ordem judicial, rodoviários cancelam paralisação de ônibus em Manaus

Redação
Escrito por Redação

Após receber notificação judicial sobre ilegalidade do movimento de paralisação de cerca de 70% na frota de ônibus em Manaus, prevista para nas primeiras horas da madrugada desta terça-feira (9), o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) decidiu não continuar a greve.

Nas últimas horas da noite desta segunda-feira (8), o presidente da STTRM, comentou que o sindicado ainda não havia sido notificado oficialmente pela Justiça sobre a multa de R$200 mil, ao dia, mais R$ 100 mil, em caso de desacato a ordem judicial.

 

Nesta madrugada de terça, o STTRM recebeu a notificação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da desembargadora Maria das Graças Alecrim Marinho e resolveu acatar a decisão.

 

Ainda nesta terça está prevista uma reunião entre o sindicato, às 9h, e os empresários sobre o pagamento integral do ticket de alimentação e cesta básica, reivindicação da classe trabalhadora.

 

Os rodoviários já estiveram com o prefeito, pelo menos umas duas vezes, para definir datas de pagamento dos benefícios, mas não foram atendidos conforme prometido.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.