Entretenimento

Após polêmica, Chico Buarque aceita desculpas de Claudio Botelho

Claudio-Botelho
Redação
Escrito por Redação

Nesta terça-feira (22), o ator e diretor Claudio Botelho usou as redes sociais para se desculpar pelo incidente em Belo Horizonte, que durante o espetáculo “Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos”, criticou a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Por ter sido duro, descortês, arrogante e destemperado (o momento era muito inflamado), peço desculpas a todos que ouviram aquele Claudio Botelho sem compostura”, escreveu Botelho no Facebook.

Após a repercussão do caso, Chico Buarque afirmou que o responsável pelo espetáculo não poderia usar suas canções para a peça. mas depois do pedido de desculpa decidiu voltar atrás.

Segundo a assessoria de Chico, o compositor “recebeu e aceitou o pedido de desculpas”, e sobre o veto ao uso de sua obra, informou que ele pode mudar de ideia, pois “Chico já havia divulgado que não retiraria a autorização de ‘Os Saltimbancos Trapalhões’ (musical dirigido por Botelho e Möeller) em consideração a Renato Aragão. Na prática, então, ele pretendia não dar autorizações futuras. Mas como aceitou o pedido de desculpas, isso certamente será levado em consideração”.

Segundo o jornal ‘O Globo’, Botelho afirmou que sofreu ameaças e trotes por conta do episódio. No fim, se disse “envergonhado” com toda a situação. No sábado, o público que lotava o teatro Sesc Palladium, no centro da capital mineira, não gostou de um improviso feito pelo ele (que divide a direção com Charles Möeller) em cena. O espetáculo, então, foi interrompido e cancelado.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.