Entretenimento

Apresentador que fundou GloboNews é demitido após 19 anos de trabalho

jornalista
Redação
Escrito por Redação

Eduardo Grillo, um dos responsáveis por fundar a GloboNews, em 1996, foi desligado da emissora na última terça-feira (6), ao retornar de férias.O jornalista deve cumprir o contrato com a emissora de Roberto Marinho até o fim de 2015, porém, não voltará mais ao ar.

 
Em e-mail distribuído à redação na noite da última quarta-feira (7), Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da Globo, disse que Grillo está deixando o canal “por razões pessoais”.

O profissional alegou que, “em conversa com o sempre gentil Ali Kamel, ficou decidido que este seria o momento certo de dedicar mais tempo aos negócios da família”.

Contudo, segundo o “Notícias da TV”, nos bastidores da GloboNews circula a versão de que Grillo foi vítima de disputas internas e da crise de audiência do “Jornal das Dez”, noticiário que o jornalista passou a comandar depois da saída de Mariana Godoy do canal, há menos de um ano.

A Rede Globo, por sua vez, negou que Grillo tenha sido demitido.

“Eduardo Grillo não foi demitido, pediu para se desligar da GloboNews por razões pessoais. Depois de 19 anos dedicados ao canal, decidiu se dedicar aos negócios da família e ao projeto de paradesporto, causa que abraça há mais de 30 anos. Jornalista completo e competente, Grillo participou da fundação da GloboNews e ajudou a construir a história e a reputação da emissora que hoje é o principal canal de notícias da TV por assinatura da televisão brasileira”, dizia nota.

(MSN)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.