Amazonas Cultura

Artesãos amazonenses participam da VIII Feira Internacional da Amazônia

Artesãos do AM, na #a. Fiam/Foto: Divulgação
Artesãos do AM, na #a. Fiam/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Através do Programa do Artesanato Amazonense, e dos Grupos de Economia Solidária, a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), estará participando da VIII Feira Internacional da Amazônia (FIAM), que será realizada no período de 18 a 21 de novembro de 2015, a partir das 15h00, no Studio 5 Centro de Convenções, em Manaus.
Dentre as instituições que integram o Governo do Estado, a Setrab estará participando do Pavilhão Amazônico com 60 artesãos, que fazem parte do Programa do Artesanato Amazonense e Economia Solidária, comercializando seus produtos. Entre os artesão, 18 são do interior do Amazonas: Itacoatiara, São Gabriel, Parintins, Maués, Autazes, Urucará, Novo Airão, Barcelos e Manicoré, e 42 são de Manaus.

No Espaço Amazônico também estarão presentes sete artesãos que fazem parte do Programa do Artesanato Amazonense e foram encaminhados pela Secretaria de Produção Rural (Sepror), pelo Instituto de Desenvolvimento Ambiental (Idam) e pela Agencia de Desenvolvimento Sustentável (ADS).

Nos stands de exposição e comercialização serão encontradas as mais variadas peças artesanais confeccionadas com matéria prima regional da fauna e da flora amazônica, como palha, madeira certificada, cipós e sementes, buscando mostrar a cultura, a criatividade e originalidade de suas peças artesanais em cosméticos, bebidas regionais, moda amazônica, biojoias, ecojoias, comida regional, arte manual e produtos confeccionados do reaproveitamento de materiais reciclados, que em eventos desse porte tem chamado a atenção do público.

“Nos grandes eventos, a Setrab tem a preocupação de orientar cada artesão, quanto à qualidade, apresentação e tendências atuais, fazendo com que cada peça criada apresente a sua particularidade e o toque especial de cada um”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Breno Ortiz.

Processo de seleção dos artesãos para a FIAM 2015 – Os artesãos que participarão da FIAM 2015 passaram pelo processo de seleção, sendo que a maior exigência foi o de estar cadastrado no Programa do Artesanato Amazonense e possuir a Carteira Nacional do Artesão, instrumento que tem como principal vantagem o acesso à Nota Fiscal Avulsa de Emissão Eletrônica (e-NFA), a qual permite que o artesão possa vender legalmente seu produto em grande quantidade, participar de rodadas de negócios em feiras e eventos locais, nacionais e internacionais, assim como ter a profissão de artesão reconhecida.

Visita da Coordenadora Nacional do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) – Aproveitando a oportunidade de visitar a Fiam 2015, a Coordenadora Nacional do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), Ana Beatriz Elery, virá a Manaus para realizar um encontro com 80 artesãos (com representantes da capital e interior), para esclarecer e orientar quanto a Lei 13.180, que regulamenta a profissão de artesão, estabelecendo diretrizes para as políticas públicas de fomento à profissão, instituindo a carteira profissional para a categoria e autorizando o poder Executivo a dar apoio profissional aos artesãos. A reunião acontecerá no auditório do Studio 5, no dia 20, das 13h às 15h00.

FIAM 2015 – A Feira Internacional da Amazônia é realizada pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), com apoio do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), e é considerada o maior evento multisetorial da região Norte do País, onde apresenta todo o potencial que a Zona Franca de Manaus (ZFM) tem, principalmente quando se refere ao desenvolvimento regional. Para 2015, a VIII FIAM apresentará o tema: “Invista no futuro agora”.

A feira apresenta uma ampla programação, atingindo diversos segmentos com destaque para apresentação de novas tecnologias do Polo Industrial de Manaus (PIM), rodadas de negócios, apresentação do espaço amazônico com exposição e comercialização de produtos regionais que mostram um pouco da arte, cultura e criatividade dos artesãos amazonenses e jornadas de seminários científicos.

Para o secretário estadual do Trabalho, Breno Ortiz, “a FIAM é um evento que dentre tantas características retrata todo o potencial que a Zona Franca de Manaus tem, uma vitrine de produtos e serviços oferecidos ao publico, e um incentivo aos grandes e pequenos empreendedores, sobretudo no desenvolvimento regional e incentivo aos artesãos, que buscam o fortalecimento como fonte geradora de emprego e renda”.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.