Amazonas Política

Arthur faz `papelão´: falta a programa ao Vivo, e jornalistas fazem perguntas à cadeira vazia

Apresentadora Daniela Assayag, da TV A Crítica/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

O prefeito Arthur Neto fez um verdadeiro “papelão”, ao não comparecer para a entrevista ao Vivo, ao Programa Manhã no Ar apresentado pela jornalista Daniela Assayag, na TV A critica/Rede Calderaro, na manhã de hoje, quinta-feira (29).
Arthur deixou Daniela Assayag e os jornalista Dante Graça, Adriane Diniz, Aruana Brianezzi e André Alves a ver navios, e perdeu a oportunidades de apresentar propostas aos telespectadores..

Daniela Assayag e os demais participantes, ficaram com a cara de bobo, fazendo perguntas para uma cadeira vazia.

Mesmo com a ausência, a apresentadora e os jornalistas não perderam o rebolado e fizeram as perguntas que tinham que fazer e questionar a cadeira vazia  de Arthur Neto com questões sobre transportes, infraestrutura, transparência, saúde,  corrupção e assuntos pertinentes.

Nos bastidores afirmam que não só os jornalistas como o diretor-presidente da Rede Calderaro, Dissiquinha Tomaz,  ficaram muito aborrecidos e tacharam de molecagem a ausência do candidato, o único a não comparecer ás entrevistas ao vivo no Manhã no Ar.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

5 Comentários

  • Triste, muito triste. O não comparecimento do candidato, é simples, não tem propostas concretas> Como prefeito é um C 2 e outra hora T 2 Eduardo Ribeiro sem artesões e logo em seguida Eduardo Ribeiro volta a ter artesões ao domingos, coloca faixa azul, tira faixa azul e tudo super faturado. Agora vai responder ao Ministério Público sobre o valor absurdo de 2 milhões pelo “estudo’ da faixa azul a uma empresa.

  • O candidato tucano não mostra sua verdadeira cara, fica fraseando para população como se fosse o salvador da cidade, a postura de um grande estadista um dia vai acabar, por traz disso tudo estar a volta do PSDB com o apoio do PMDB ao governo federal.
    Essa balela que somos uma só Manaus, é por que ele mora na ponta negra e não na periferia da zona leste.
    Lamentável o fato de fugir a uma entrevista e responder perguntas, como as 100 creches que iria construir.

  • Não é a primeira vez que o coelho foge assustado. Não tem respostas aos questionamentos e, na vaidade que não lhe falta, acredita que vai poder se reeleger à custa de bazófia e demagogia.

error: Ops! não foi dessa vez.