Amazonas Política

Assembleia Legislativa homenageia os 50 anos da Faculdade de Medicina do AM

Deputado Vicente Lopes(D), com diretor Dirceu Ferreira
Redação
Escrito por Redação

Em comemoração aos 50 de instalação da Faculdade de Medicina da Ufam (Universidade Federal do Amazonas), a Assembleia Legislativa realiza amanhã (02), uma Sessão Solene, no plenário Ruy Araújo, às 11h00, por iniciativa do deputado Vicente Lopes (PMDB), médico formado pela Ufam, que inclui a entrega da Medalha Ruy Araújo ao diretor da faculdade, o professor Dirceu Benedicto Ferreira.
“A Medalha do Mérito Ruy Araújo é a principal comenda do poder legislativo estadual e esse é o reconhecimento público à importância da Faculdade de Medicina da Ufam, nesses 50 anos. Queremos deixar esse registro para a toda sociedade”,  afirma Vicente Lopes.  “É importante que a sociedade saiba da importância do curso de medicina no Amazonas”.

Outras atividades estão previstas para comemorar o Jubileu do curso de medicina criado no dia 4 de dezembro de 1965. De acordo com o diretor Dirceu Benedicto Ferreira, são quatro mil médicos formados pelo curso de medicina da Ufam, hoje ocupando “todos os espaços” do Estado do Amazonas.  Por isso ele define o curso como “sementeira” para a instalação de faculdades de medicina surgidas mais tarde.  A consequência é a formação de 300 médicos no Amazonas, a cada ano. Antes da criação do curso da Ufam, quem optasse por medicina era obrigado a estudar fora do Estado.

Ele cita Belém, Salvador e Rio de Janeiro, onde cursos de medicina eram oferecidos. “Durante esses 50 anos,  formamos quatro mil médicos  para todo o interior e esses pioneiros ocupam todos os espaços e especialidades. Isso para não dizer que os grandes hospitais de Manaus são todos ´filhos´, originados de uma sementeira  que foi a Ufam”, afirma Dirceu Benedicto Ferreira.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.