Mundo

Ataque suicida deixa pelo menos 15 pessoas mortas, em Bagdá

Moradores fazem limpeza do local do ataque/Foto: AFP
Redação
Escrito por Redação
Moradores fazem limpeza do local do ataque/Foto: AFP

                               Moradores fazem limpeza do local do ataque/Foto: AFP

Um atentado suicida reivindicado pelo grupo extremista sunita Estado Islâmico (EI), em um bairro xiita de Bagdá, matou hoje, domingo 15 pessoas.
O ataque, que aconteceu em um posto de controle do bairro de Kadhimiya, norte da capital iraquiana, também deixou 29 feridos.

O grupo Estado Islâmico reivindicou o ataque em um comunicado, afirmando que seu objetivo eram os soldados do exército iraquiano e membros das unidades paramilitares pró-governamentais.

Os jihadistas costumam cometer atentados contra os membros da comunidade xiita do país, majoritária, a quem consideram hereges.

Em 3 de julho, um camicase acabou com a vida de 292 pessoas em um bairro comercial de Karrada, em Bagdá, enquanto que um ataque contra um santuário xiita de Balad, norte da capital, deixou 40 mortos dias depois.(Terra/IstoÉ)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.