Cultura

Balé Folclórico do AM apresenta espetáculo inspirado na vida ribeirinha

Balé Folclórico, volta ao Teatro Amazonas/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Não é de hoje que a vida ribeirinha inspira a arte local, e numa montagem criada por Conceição Souza, para o Balé Folclórico do Amazonas, utilizando a dança contemporânea para retratar histórias, crenças e tradições que fazem parte da cultura popular, volta aos palcos do Teatro Amazonas.
a“Beiradão” tem entrada gratuita, hoje, terça-feira (04), às 20h00, executado pelos 28 bailarinos do corpo artístico da Secretaria de Cultura. Esse musical, por sua vez, faz parte das comemorações dos 120 anos do teatro-símbolo de Manaus, que se estende até maio de 2017.

De acordo com o assistente geral do musical, Adam Souza, as histórias folclóricas não são representadas na íntegra, mas o Balé faz uma releitura das vivências do caboclo. “A mola propulsora desse espetáculo é a Dança do Arara. Além disso, nós queremos representar também a beleza da mulher ribeirinha, o casamento, a alegria e o festejo do povo do interior. Como é uma narrativa, a parte teatral e dramatúrgica também é muito forte”, disse.

De acordo com o Tesouro de Folclore e Cultura Popular Brasileira, a Dança do Arara é uma dança lúdica, divertida, típica do Amazonas, geralmente apresentada durante o ciclo junino. O “arara” é um bobo, munido de bastão enfeitado, que fica no meio do círculo de dançarinos e tem como objetivo conseguir um par, antes que a música cesse.

Considerada a grande matriarca do Balé Folclórico do Amazonas, Conceição Souza foi quem mais pesquisou sobre a vida cabocla, segundo Adam. “Esse é o mundo dela, e ela o retrata muito bem no balé. A gente sempre conversa muito sobre a vida interiorana do amazônida, e é sobre isso que trata oBeiradão. Primeiro nós fizemos muitas pesquisas, até conversando com as pessoas, para depois sentarmos com os produtores do evento e decidir tudo. O mais importante é que o espetáculo é sobre algo que a gente vive!”, contou.

O Balé

Criado em 2001 pelo Governo do Estado, o Balé Folclórico do Amazonas é administrado pela Secretaria de Cultura e tem direção de Conceição Souza. Desde então, tem encenado grandes espetáculos nos palcos de teatros manauaras, sempre com casa cheia.

As últimas audições para ingresso no Balé aconteceram em 2013, que, agora, se apresenta em formato renovado, mantendo a tradição e experiência do corpo artístico que tem 15 anos de atuação.

Para o “Beiradão”, o repertório fica por conta dos percussionistas Dercio Macambira e Duan de Vasconcelos, que incluem ainda músicas de danças folclóricas e regionais no espetáculo. As coreografias foram criadas por Eduardo Amaral, Denison Vitor e Thiago Farias, com design geral de Magda Carvalho.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.