Amazonas Economia

Banco do Povo acumula aportes de R$ 71 milhões, em 8 meses

Gov. Melo entrega primeiros cheques/Foto: Valdo Leão
Redação
Escrito por Redação

Em oito meses de operação no Amazonas, o programa estadual de microcrédito Banco do Povo efetuou o desembolso da ordem de R$ 71 milhões, em financiamento para pequenos negócios no Estado.

Ontem, quarta-feira (11), o governador José Melo implantou, oficialmente, o programa nas cidades de Tabatinga e Benjamin Constant, a 1.105 e 1.118 quilômetros de Manaus, respectivamente, injetando mais de R$ 414 mil na economia popular dos dois municípios do Alto Solimões, com o crédito para abertura e diversificação de empreendimentos.

Durante a viagem aos municípios, José Melo comandou, ainda, a solenidade de entrega de tablets para 606 professores da rede municipal de educação e destacou a importância dos dois programas do Governo do Estado. “São programas que vêm com a finalidade de oferecer oportunidades para a população do interior. Os tablets permitem que os professores dos municípios do interior tenham os mesmos instrumentos de trabalho que os profissionais da educação que atuam na capital”.

O governador ressaltou os impactos positivos do Banco do Povo, pincipalmente, no interior do Estado. Segundo balanço da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), o Banco do Povo já apoiou à geração e/ou manutenção de 44,5 mil ocupações econômicas em todo o Estado. Desse total, 25 mil somente no interior, a maioria no setor primário. “É preciso ser muito criativo, descobrindo novas formas de produzir e gerar dinheiro. O Banco do Povo vem nesse sentido. Pessoas que têm talento e vontade de trabalhar e que não conseguiam uma chance por falta de dinheiro agora têm acesso a crédito. A sua implantação tem sido muito importante porque lança recursos fortes na economia dos municípios e gera empregos”, ressalta José Melo.

Ao todo, o Banco do Povo deverá aplicar R$ 86 milhões em financiamentos este ano. Careiro da Várzea, Autazes e Urucará são as próximas cidades do calendário de lançamento do programa de fomento econômico. Segundo a Afeam, que coordena o Banco do Povo, mais de 15 mil operações de crédito foram realizadas desde o lançamento do programa em abril deste ano.

Em Tabatinga, os empréstimos chegam a R$ 254 mil. No município de Benjamin Constant, os investimentos com recursos do programa de crédito somam R$ 160 mil. Além do Banco do Povo, as ações de fomento da Afeam aplicaram recursos de R$ 1,3 milhão nos dois municípios.

Entrega de tablets – Ao todo, 606 educadores do ensino fundamental estão sendo contemplados, em Tabatinga e Benjamin Constant, com os equipamentos para melhoria nas condições de trabalho em sala de aula. A ação faz parte do Pacto pela Educação do Amazonas, lançado pelo Governo do Estado com a meta de melhorar a qualidade de ensino e avançar nos indicadores educacionais.

Em Benjamin Constant, o repasse dos tablets contemplou um total de 322 professores. No município de Tabatinga, alcançou 284 educadores. Os professores contemplados com o repasse dos tablets educacionais correspondem ao número total de professores da rede pública municipal que atuam ministrando aulas para turmas do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

Gov. José melo implanta o Banco do Povo, em Tabatinga e Benjamim/Foto: Valdo Leão

      Gov. José melo implanta o Banco do Povo, em Tabatinga e Benjamim/Foto: Valdo Leão

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.