Amazonas Economia

Banco do Povo inicia operações em Borba e Nova Olinda do Norte, no AM

Melo entrega o primeiro cheque, em Nova Olinda/Foto: Herick Pereira
Redação
Escrito por Redação

Os municípios de Borba e Nova Olinda do Norte, a 215 e 135 quilômetros de Manaus, respectivamente, passaram a operar, hoje, segunda-feira (10), o programa estadual de microcrédito Banco do Povo, com operações, inicialmente, estimadas em R$ 1,259 milhão.
Esses municípios receberam a visita do governador José Melo, que lançou oficialmente o programa nas duas cidades e, em Borba, reinaugurou três escolas. Desde o lançamento, em março deste ano, mais de R$ 38 milhões foram aplicados por meio do Banco do Povo.

Em Borba, onde o governador inaugurou a unidade de atendimento do programa na manhã de hoje (10), a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), já contabilizou 478 operações, que vão somar cerca de R$ 779 mil em crédito para pequenos negócios. As operações do Banco do Povo são destinadas a trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais, profissionais liberais, produtores rurais e micro e pequenas empresas.

José Melo destacou que as pessoas beneficiadas pelo Banco do Povo são aquelas que, anteriormente, não reuniam condições econômicas para buscar empréstimos bancários em instituições financeiras tradicionais. “Qualquer empréstimo que se faça hoje, em bancos particulares, a pessoa não consegue juros a menos de 15% ao ano. Então o Banco do Povo possibilita que, aquelas pessoas que querem montar um negócio próprio ou expandir a atividade que já exercem, consigam empréstimos sem esses juros altíssimos”, ressaltou o governador.

Acompanhado do prefeito de Borba, José Maria Maia, de deputados estaduais e secretários de Estado, o governador ressaltou que a movimentação financeira, proporcionada pelo início do Banco do Povo na cidade, é a maior da história do município. Ele também destacou que, nas próximas semanas, devem ser iniciadas as obras de recuperação da orla da cidade e devem ser retomadas obras de asfaltamento de duas estradas, sendo uma delas a estrada do Canumã.

Em Nova Olinda do Norte, o Banco do Povo foi lançado no início desta tarde pelo governador José Melo, que também anunciou a retomada das obras de recuperação do sistema viário do município. Na cidade, o programa de microcrédito inicia operações com expectativa de alcançar R$ 480 mil em financiamentos.

Com a inclusão de Borba e Nova Olinda, sobe para cinco o número de municípios que já dispõem do programa. As unidades também funcionam como municípios polo, atendendo cidades próximas.

O Banco do Povo já financiou, em quatro meses, mais de R$ 38 milhões em 8.100 operações de crédito, o que possibilitou gerar e/ou manter cerca de 24 mil ocupações econômicas. O valor dos empréstimos varia de R$ 500 até R$ 15 mil. A quantia é definida após análise por técnicos da Afeam, das necessidades de investimento levantadas no plano de negócio e o financiamento pode ser dividido em até 48 parcelas mensais.

O programa objetiva incentivar o empreendedorismo em atividades produtivas que gerem trabalho e renda, através de crédito orientado aos empreendedores que queiram iniciar, manter ou ampliar seu próprio negócio em todo o Estado. Vantagens como juros de 3% ao ano, isenção de IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros) e a orientação especializada são o diferencial do programa.

Escolas reinauguradas – Em Borba, o governador José Melo também reinaugurou três escolas, que foram totalmente reestruturadas com investimentos da ordem de R$ 3,100 milhões. No total, as três unidades, coordenadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), atendem cerca de 1.970 alunos do ensino fundamental e médio, tendo números de avaliação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) que variam de 4,5 a 5.

...e em Borba, a primeira beneficiada, recebe seu financiamento/Foto: Nathalie Brasil

…e em Borba, a primeira beneficiada, recebe seu financiamento/Foto: Nathalie Brasil

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.