Amazonas Esportes

Bernardinho define lista dos 12 para a Rio 2016, sem Murilo, Isac e Brendle

Bernardinho anuncia a Seleção para Olimpíada/Foto: FIVB
Redação
Escrito por Redação
Bernardinho anuncia a Seleção para Olimpíada/Foto: FIVB

Bernardinho anuncia a Seleção para Olimpíada/Foto: FIVB

Definidos os 12 jogadores da seleção brasileira masculina de vôlei que irão aos Jogos Olímpicos, lista na qual não estão incluídos o ponta Murilo, o central Isac e o líbero Tiago Brendle, cortados por Bernardinho.
Após a derrota para a Sérvia, ontem, domingo (17), na final da Liga Mundial, em Cracóvia, na Polônia, o treinador convocou uma reunião com os 15 atletas que integram o grupo, além da comissão técnica, no hotel onde a seleção estava hospedada. Com isso estarão na Rio 2016 os pontas Lucarelli, Lipe, Maurício Borges e Douglas Souza, os centrais Maurício Souza, Lucão e Éder, os opostos Wallace e Evandro, os levantadores Bruno e William, e o líbero Serginho.

O veterano Murilo, bicampeão mundial em 2006 e 2010, prata olímpica em Pequim 2008 e Londres 2012, vinha lutando contra lesões. Após os Jogos de Londres, ele passou por duas cirurgias no ombro, mas na temporada passada de clubes, jogando pelo Sesi, demonstrou estar melhor fisicamente. Porém, ao chegar à seleção, enfrentou outros problemas. Primeiro, um estiramento no músculo do peitoral que o tirou da segunda semana da Liga Mundial. Depois, uma lesão na panturrilha esquerda que o impediu de participar das finais na Polônia e da qual ainda não se recuperou.

Mais antigo do time, após o líbero Serginho, Murilo foi o melhor jogador do Campeonato Mundial 2010, última conquista de peso da seleção, e também o melhor em Londres 2012. O atleta é um especialista no passe, fundamento cuja deficiência foi a principal causa das duas derrotas do Brasil para a Sérvia na Liga Mundial – Murilo esteve ausente em ambas as partidas.

O central Isac voltou ao time depois de um tratamento para reduzir as dores decorrentes de uma hérnia de disco, chegou a perder sete quilos enquanto se recuperava. Ao retornar não apresentou a mesma agilidade que o caracteriza. Isac também havia sido cortado antes do Mundial 2014 devido a problemas físicos.

O líbero Tiago Brendle apresentava um desempenho equiparável ao do experiente Serginho, mas o papel deste último como líder e sua segurança em momentos de pressão pesaram na decisão de Bernardinho.

A equipe deixou Cracóvia nesta segunda-feira, faz escala em Paris e chega ao Rio às 5h40 desta terça-feira. Os atletas terão folga e se reapresentam em Saquarema, no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), na sexta-feira (22). O Brasil está no grupo A da Olimpíada, ao lado de França, Itália, Estados Unidos, Canadá e México.

A seleção brasileira enfrentou os três primeiros e os venceu na Liga Mundial – bateu os franceses duas vezes por 3-1, atropelou a Itália em sets diretos e derrotou os americanos de virada por 3-2 com o time reserva. O grupo B tem Rússia, Polônia, Argentina, Irã, Egito e Cuba.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.