Amazonas Política

Bibiano chama Arthur de omisso e aciona MP para investigar a Manaus Ambiental

Biabiano diz que Arthur é omisso/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
Biabiano diz que Arthur é omisso/Foto: Divulgação

                              Biabiano diz que Arthur é omisso/Foto: Divulgação

O vereador Professor Bibiano (PT) revelou, ontem (31), que vai acionar o Ministério Público do Estado (MPE), para investigar a omissão da Prefeitura de Manaus na fiscalização do contrato com a Manaus Ambiental, bem como a ineficiência dos serviços prestados à população, porque a empresa investiu pouco nos últimos anos e os problemas da falta de água e de saneamento ainda não foram solucionados. Em cinco anos Manaus Ambiental faturou R$ 1,3 bilhão, mas investiu pouco mais de 20,21% na melhoria do sistema em Manaus
Tomando por base os números do Instituto Trata Brasil o parlamentar disse, ainda, que quando Artur Neto assumiu o comando da Prefeitura de Manaus a capital do Amazonas ocupava a 82ª colocação do ranking do saneamento, mas,  como nada foi feito para solucionar o problema, atualmente a cidade desponta na 97ª posição entre as 100 maiores capitais do país.

“Pesquisa recente do Instituto Trata Brasil, divulgada em 4 de abril deste ano, revela que Manaus recebeu nota zero no indicador de novas ligações de esgoto sobre ligações faltantes”, afirmou.

Investimentos

Bibiano destacou, também, que a Manaus Ambiental faturou mais de R$ 1,3 bilhão nos últimos cinco anos, mas investiu apenas, pouco mais de R$ 269 milhões, o que representa 20,21% do arrecado, na melhoria no seu sistema, contrariando a prática de empresas do setor em outras cidades do país.

Para justificar o seu argumento Bibiano informou que em Belém a empresa responsável pelo serviço faturou R$ 562 milhões e investiu R$ 334 milhões, o que representa 59,36%, enquanto que em Fortaleza o faturamento chegou a R$ 2,7 bilhões e os investimentos somaram R$ 829 milhões, ou 30,29% do faturado.

“A Manaus Ambiental e a Prefeitura de Manaus não podem mais continuar enganando a população, que sofre todos os dias com a falta de água nas suas casas, provocada pela falta desses investimentos e do descaso da Prefeitura, que não fiscaliza o contato firmado”, disse ele.

Propaganda enganosa

Bibiano falou, também, das inverdades sobre o abastecimento de água em Manaus divulgadas na campanha eleitoral do prefeito Artur Neto (PSDB), que pinta um quadro com cores que não refletem a realidade enfrentada por boa parte da população.

“A propaganda eleitoral é maravilhosa e mostra que a cidade de Manaus, na questão do abastecimento de água, é uma das melhores do Brasil. Mas, o quadro real do abastecimento desse líquido precioso para o povo de Manaus revela justamente o contrário”, argumentou.

Mostrando manchetes de jornais, apontando os problemas no  sistema de distribuição de água, provocados pelo rompimento de adutoras e panes nos equipamentos, Bibiano lembrou que a ineficiência da Manaus Ambiental é antiga e vem sendo questionada por ele desde o início do seu mandato, por entender que a população merece respeito.

“Todos sabem que o que está sendo veiculado na propaganda eleitoral não é verdade. Os grandes jornais de Manaus, por meio de suas manchetes sobre a problemática da água, provam isso”, completa.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.