Amazonas Formal & Informal Política

Bibiano quer saber onde Arthur Neto aplicou R$ 44,5 Mi do saneamento básico

Por falta de saneamento, Manaus registra vários pontos de alagação, a cada chuva na cidade.
Redação
Escrito por Redação

Alagações ocorridas por toda a cidade, em dias de chuva, faz o vereador Bibiano (PT) cobrar explicações do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) sobre o destino dos R$ 44,5 milhões destinados ao saneamento básico da cidade.

Segundo ele, os problemas identificados no sistema de drenagem das águas da chuva, com a consequente alagação de áreas no bairro Amazonino Mendes, Constantino Nery (Centro) e em outros pontos da cidade, deixam claro que a prefeitura tucana de Manaus não aplicou corretamente os Milhões de Reais dos recursos disponíveis para serviços de melhoramento das vias e do escoamento pluvial, como devia.

Muita dificuldade no trânsito por causa das alagações em Manaus.

Muita dificuldade no trânsito por causa das alagações em Manaus.

“Basta uma pequena chuva para Manaus mergulhar no caos”, destaca o vereador.

Falta de compromisso

A falta de compromisso do tucano Arthur Neto é destacado no parecer do procurador Carlos Alberto de Souza, do Ministério Público de Contas, que não identificou a correta aplicação de R$ 44,5 milhões em ações de saneamento.

Bibiano também apontou o desrespeito da atual administração ao decreto 7.217, particularmente ao seu artigo 34, por não ter possibilitado a participação da sociedade na discussão do Plano de Saneamento Básico.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.