Amazonas Destaques Esportes

Brasil empata com Argentina desfalcada, em Buenos Aires

Lucas Lima, salva o Brasil/Foto: Getty Images
Redação
Escrito por Redação
A Seleção Brasileira conseguiu reagir hoje, sexta-feira, a um primeiro tempo sofrível e arrancou um empate por 1 a 1, no clássico contra a Argentina, no estádio Monumental de Núñez, em jogo válido pela terceira rodada das Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018.

A partida, cuja data teve de ser alterada por conta das fortes chuvas que atingiram Buenos Aires, ontem (2), quinta-feira, foi mais uma prova de que Dunga terá de quebrar a cabeça para encontrar uma formação que explore o potencial brasileiro sem depender tanto de Neymar. O craque do Barcelona voltou ao time após cumprir suspensão, mas foi neutralizado pela marcação adversária e não produziu quase nada em campo.

O clássico estava agendado para quinta-feira, mas o temporal que atingiu Buenos Aires e alagou o gramado do estádio Monumental de Núñez inviabilizou a disputa do confronto. A partida foi marcada para esta sexta-feira porque a Conmebol exige a realização do duelo até 24 horas depois do horário inicial.

Dentro de campo, a Argentina nem parecia estar desfalcada dos astros Lionel Messi, Carlitos Tevez e Sergio Agüero. Os hermanos neutralizaram por completo o esquema tático de Dunga no primeiro tempo e fizeram de Neymar um mero coadjuvante. Com pleno domínio do clássico, os argentinos fizeram a bola correr para Lavezzi, aos 33 minutos, finalizar sem chances de defesa para Alisson. No segundo tempo, uma mudança na disposição tática recuperou o Brasil e possibilitou que Lucas Lima empatasse o duelo, aos 12 minutos.

O empate entre as equipes mantém a Seleção próxima à zona de classificação à Copa do Mundo. O time está em quarto lugar, com quatro pontos ganhos. Já a Argentina, que ainda não venceu nas Eliminatórias, aparece em oitavo, com apenas dois pontos. Na terça-feira, o Brasil vai a campo na Fonte Nova, em Salvador, para enfrentar o Peru. No mesmo dia, a Argentina viaja para medir forças com a Colômbia, em Barranquilla.(Terra)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.