Esportes

Brasil goleia Haiti por 7 a 1 e fica a um empate da segunda fase da Copa América

Brasil e Haiti
Redação
Escrito por Redação

Após empatar sem gols diante da seleção equatoriana na estreia da Copa América, a seleção brasileira voltou a campo e goleou o Haiti por 7 a 1 na noite desta quarta-feira (8), em Orlando (EUA), válido pela segunda rodada do Grupo B.

A equipe comandada pelo técnico Dunga iniciou a partida pressionada e precisava vencer com boa diferença de gols o adversário para seguir no torneio com mais sossego.

Em noite inspirada, Philippe Coutinho marcou três gols, e Renato Augusto, duas vezes. Na etapa final, Gabriel e Lucas Lima selaram a vitória do Brasil com um gol cada. Marcelin ainda conseguiu diminuir para os haitianos no confronto histórico entres as seleções.

A seleção brasileira não teve dificuldades e dominou a partida diante de um adversário fraco - fotos: divulgação

A seleção brasileira não teve dificuldades e dominou a partida diante de um adversário fraco – fotos: divulgação

Com quatro pontos somados, o Brasil encerra a sua participação na última rodada da fase de grupos diante do Peru, no próximo domingo (12), às 21h30, precisando apenas de um empate para passar às quartas de final da competição.

O jogo

A seleção brasileira não teve dificuldades e dominou a partida diante de um adversário fraco. Mesmo com gol cedo na primeira etapa, aos 13 minutos com Philippe Coutinho, os comandados do técnico Dunga tiveram atuações abaixo do esperado.

Com pouco entrosamento, a equipe do Brasil errou bastante nas individualidades dos seus meio-campistas nas finalizações ofensivas.

O Brasil atacava insistentemente nos contra-ataques, quando ampliou o marcador aos 28 minutos, após o cruzamento de Daniel Alves para Jonas, que ganhou na dividida do zagueiro adversário e passou a bola para a conclusão de Philippe Coutinho. 2 a 0 Brasil.

Em nova jogada, após o adversário sair errado, Daniel Alves recuperou a posse de bola pelo lado direito e cruzou na cabeça de Renato Augusto, que ampliou para 3 a 0.

Gabriel comemora o quarto gol do Brasil, aos 13 minutos do segundo tempo - foto: divulgação

Gabriel comemora o quarto gol do Brasil, aos 13 minutos do segundo tempo – foto: divulgação

Na volta para o segundo tempo, Dunga substituiu Jonas por Gabriel. O atacante santista deu mais poder de movimentação ofensiva para a equipe brasileira e, aos 13 minutos, aumentou para 4 a 0, após receber belo passe de Elias.

Dunga fez nova substituição para a entrada de Lucas Lima. Aos 22 minutos, Daniel Alves cruzou e o meia do Santos marcou o quinto gol do Brasil.

Com a vantagem numérica, a seleção brasileira caiu de rendimento na marcação. Aos 24 minutos, o goleiro Alisson deu rebote na pequena área e Marcelin fez o primeiro gol do Haiti.

Com a goleada assegurada, a seleção brasileira deu ritmo à partida como treino. Mas, Gabriel e Willian exigiram importantes defesas do arqueiro haitiano Placide.

Antes do apito final do árbitro Mark Geiger, Renato Augusto e Philippe Coutinho ainda aproveitaram para balançar as redes do adversário.

BRASIL

Alisson; D. Alves, Marquinhos, Gil e F. Luis; Casemiro (L. Lima), Elias (Walace), R. Augusto, Willian e P. Coutinho; Jonas (Gabriel).

Técnico: Dunga

HAITI

Placide; Goreux, Alcenát (Maurice), Genevois, Mechack e Jaggy; Alexandre (Hilarie), Lafrance, Marcelin e Louis; Belfort (Nazón).

Técnico: P. Neveu

Estádio: Citrus Bowl, em Orlando (EUA)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)

Gols: P. Coutinho, aos 13 e aos 28, e R. Augusto, aos 35min do 1º tempo; Gabriel, aos 13, L. Lima, aos 22, Marcelin, aos 25, R. Augusto, aos 40, e P. Coutinho, aos 46min do 2º tempo
Cartões amarelos: Casemiro (B) e Goreux (H)

Público: 28.241

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.