Amazonas Esportes

Campeão Brasileiro levará R$ 10 milhões em prêmio, anuncia CBF

Taça para o campeão do Brasileirão/Foto: CBF
Redação
Escrito por Redação

Na noite de ontem, quarta-feira, a CBF confirmou os valores de premiação por colocação da Série A do Campeonato Brasileiro. Com um total de R$ 35,8 milhões para bonificar as equipes, a entidade máxima do futebol nacional definiu que o campeão levará R$ 10 mi. Assim, o Corinthians , próximo de garantir o título, já pode se animar com o reforço no orçamento.
Conforme definido por contrato entre as instituições, o valor será pago às equipes diretamente pela TV Globo. Serão bonificados do primeiro ao 16º colocado, excluindo os quatro rebaixados.

O vice-campeão faturará R$ 6,3 milhões, enquanto terceiro e quarto levam, respectivamente, R$ 4,3 mi e R$ 3,2 mi. Assim, os integrantes do G4 recebem no total, R$ 23,8 milhões. Ou seja, além da vaga na Libertadores , ficam com dois terços do total, divididos proporcionalmente por posição.

Após ter ficado “congelado” entre 2013 e 2014, o montante disponibilizado para a premiação aumentou. O bicampeão Cruzeiro recebeu, após cada uma das conquistas, cerca de R$ 9 milhões, 10% a menos que o Corinthians deve embolsar ao confirmar seu sexto título nacional, o que pode acontecer neste fim de semana, caso vença o Coritiba e o Atlético-MG tropece diante do Figueirense .

Confira a divisão completa da premiação do Campeonato Brasileiro de 2015:

Campeão: R$ 10 milhões

2º lugar: R$ 6,3 milhões

3º lugar: R$ 4,3 milhões

4º lugar: R$ 3,2 milhões

5º lugar: R$ 2,2 milhões

6º lugar: R$ 1,4 milhão

7º lugar: R$ 1,3 milhão

8º lugar: R$ 1,2 milhão

9º lugar: R$ 1,1 milhão

10º lugar: R$ 1 milhão

5º lugar: R$ 2,2 milhões

6º lugar: R$ 1,4 milhão

7º lugar: R$ 1,3 milhão

8º lugar: R$ 1,2 milhão

9º lugar: R$ 1,1 milhão

10º lugar: R$ 1 milhão

11º lugar: R$ 900 mil

12º lugar: R$ 800 mil

13º lugar: R$ 700 mil

14º lugar: R$ 600 mil

15º lugar: R$ 450 mil

16º lugar: R$ 350 mil

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.