Amazônia Pará

Casos de dengue cresceram 48% em um ano no Pará

caso-de-dengue-no-Para
Redação
Escrito por Redação

O número de casos de dengue no Pará aumentou 48% nos últimos 12 meses. Até o último dia 5, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) registrou 4.362 casos da doença, enquanto que, no mesmo período de 2014, o número de pacientes infectados foi de 2.957.

Os dados foram divulgados ontem, pela Secretaria de Saúde, e mostram que, dos 11 municípios paraenses com maior ocorrência de dengue, Belém lidera a lista, com 1.136 casos confirmados. Em seguida, vêm Parauapebas (366 ocorrências), Altamira (256), Senador José Porfírio (184), Canaã dos Carajás (146), Alenquer (127), Marituba (119), Breves (113), Ananindeua (107), Marabá (72) e Santarém (32). Do total de pacientes infectados só este ano, 4 morreram em Belém, Altamira, Irituia, Breves e Rurópolis.

O controle da dengue é fiscalizado pelo Estado, cabendo aos municípios a execução de ações para evitar a transmissão da doença. A Sespa também divulgou o número de casos confirmados dos vírus chikungunya e zika, cujos sintomas são semelhantes aos da dengue. No primeiro caso, foram detectadas 13 ocorrências, nenhuma dentro do Estado, segundo a Sespa. Já o zika vírus infectou 9 pessoas no Pará, sendo 6 em Belém, duas em Ananindeua e uma em Ipixuna do Pará. Os vírus da dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti. Também levam a sintomas parecidos, como febre e dores musculares pelo corpo.

(Diário do Pará)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.