Amazônia Destaques Educação

CEE concede credenciamento à Escola Superior de Advocacia da OAB-AM

Secretário Rossiele Soares(SEDUC), assina a certificação/Foto: Valdo Leão
Secretário Rossiele Soares(SEDUC), assina a certificação/Foto: Valdo Leão
Redação
Escrito por Redação

O Conselho Estadual de Educação do Amazonas (CEE) concedeu, a certificação de credenciamento autorizando, na forma da lei, as atividades da Escola Superior de Advocacia do Amazonas (ESA/AM), coordenada pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Amazonas (OAB-AM).
A certificação sinalizando a autorização legal para funcionamento da ESA, foi autorizada pelo presidente do CEE e secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, mediante a assinatura formal da resolução 246/2016 do Conselho.

A assinatura se deu na sede da OAB-AM, na última quinta-feira (10) na ocasião da solenidade de entrega de carteiras a 85 advogados iniciantes.

Participaram da solenidade, o presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy, a vice-presidente da OAB-AM, Adriana Mendonça, o diretor da Escola Superior de Advocacia do Amazonas, Paulo Trindade e demais representantes da entidade.

A ESA Amazonas é a segunda do Brasil a receber o credenciamento e o presidente da Ordem, destacou a importância desta iniciativa. “Antes somente a ESA de São Paulo possuía esse credenciamento. Agora somos a primeira do Norte e isso é uma conquista de toda a advocacia amazonense. A ESA é o braço educacional da OAB e tenho a certeza de que os colegas advogados estarão bem atendidos com os cursos que iremos ofertar brevemente”, disse Marco Aurélio Choy.

Segundo o diretor da ESA, Paulo Trindade, cursos certificados pela ESA devem ter início ainda neste semestre. “Nós já temos algumas especializações na Universidade Estadual do Amazonas (UEA). Para os cursos na ESA, já recebemos muitos pedidos que serão analisados para darmos início às nossas atividades”, afirmou.

O presidente do Conselho Estadual de Educação e secretário da Seduc, Rossieli Soares também destacou a importância do referido credenciamento para a classe dos advogados e para a sociedade. “Sabendo da importância da seccional Amazonas da Ordem dos Advogados do Brasil, o Conselho Estadual de Educação concede o aval de credenciamento permitindo, dentro dos parâmetros da legislação educacional vigente no Estado, o funcionamento da Escola Superior de Advocacia do Estado do Amazonas. Acreditamos que desta forma estamos contribuindo para a qualificação dos profissionais do Direito e consequentemente com o desenvolvimento de nossa região”, afirmou Rossieli Soares da Silva.

...e depois a comemoração/Foto: Valdo Leão

                                       …e depois a comemoração/Foto: Valdo Leão

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.