Mundo

Centenas de meninas são salvas de cerimônias de mutilação genital

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A polícia do Quênia conseguiu parar as cerimônias de mutilação genital que estavam agendadas para este fim-de-semana e salvou centenas de meninas, reporta o The Guardian, revelando que as denúncias por parte de ativistas e funcionários do Estado foram fundamentais.

“Nas últimas três semanas fizemos oito detenções, enquanto durante o resto do ano fizemos apenas uma”, esclareceu Alasow Hussein, o responsável pela polícia de Marakwet. Mais ainda, o governo mandou perseguir os pais que dão autorização para a mutilação das meninas no mercado Elgeyo, em Marakwet.

A mutilação genital é encarada como um ritual de passagem para a idade adulta, em que é retirado o clitóris feminino uma forma de certificar que as mulheres tenham relações sexuais para prazer unicamente masculino e para procriação.

As cerimônias têm lugar na terceira semana de dezembro, na altura das férias escolares das crianças, para que estas tenham tempo de se recuperar.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.