Curiosidades

Cientistas indicam possibilidade da Terra ser devastada por megatsunami

tsunami
Redação
Escrito por Redação

Cientistas descobriram que uma onda de cerca de 245 metros de altura varreu a superfície da Terra há cerca de 73.000 anos.

O evento foi causado pelo colapso repentino de um vulcão da ilha do Fogo, um dos maiores e mais antigos vulcões ativos do mundo, localizados em Cabo Verde, África, quando ainda não havia cidades no local.

Estima-se que grandes rochas caíram no oceano de uma só vez, resultando no tsunami, que engoliu uma ilha de mais de 48 quilômetros.

Em comparação, os tsunamis que devastaram a costa do Oceano Índico em 2004 e leste do Japão em 2011, alcançaram alturas máximas de cerca de 30 metros.

Estes tsunamis foram provocados por terremotos submarinos.

Mas alguns especialistas temem que um colapso semelhante ao que foi citado primeiramente possa representar uma ameaça real hoje, especialmente em torno de ilhas vulcânicas.

Dr. Ricardo Ramalho, cientista da Universidade de Columbia, em Nova York, EUA, disse: “Nosso ponto é que os colapsos flancos podem acontecer extremamente rápido e catastroficamente, e, portanto, são capazes de desencadear tsunamis gigantes.”

Ramalho prossegue: “Eles provavelmente não acontecem muito frequentemente. Mas precisamos levar isso em conta quando pensamos sobre o perigo potencial desses tipos de características vulcânicas”.

O especialista em tsunami, professor Bill McGuire, da “University College London”, Inglaterra, acredita que tais eventos ocorrem apenas uma vez a cada 10.000 anos.

“No entanto, a escala de tais eventos, como o estudo do Fogo e seu impacto potencialmente devastador, torna-os um perigo claro e sério em bacias oceânicas que hospedam vulcões ativos”, acrescentou.

Fonte: Metro

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.