Amazonas Formal & Informal

Coari: crescem os protestos contra o prefeito Raimundo Magalhães

População nas ruas em Coari exigindo salários e 13º.
Redação
Escrito por Redação

A população da cidade de Coari (a 366 Km de Manaus, em linha reta), foi às ruas protestar contra o atraso no pagamento do 13º salário e o pagamento dos funcionários públicos. A manifestação tomou conta das ruas, com centenas de motocicletas, faixas e populares exigindo do prefeito Raimundo Magalhães (PRB), as promessas de melhorias feitas quando assumiu a prefeitura.

Em diversas fanpages de pessoas do município, fica claro a indignação popular. Muitos dizem que o prefeito Raimundo Magalhães está dando um “calote” em empreiteiros, fornecedores e funcionários da prefeitura. Nem os comissionados e os terceirizados do serviço público de Coari escaparam da falta de compromisso do prefeito.

De acordo com a página de um dos moradores da sede do município, Serginho F. Silva, o descaso com a coisa pública é generalizado. Até a ponte Raimundo Pinto, que liga o Centro da cidade ao bairro Duque de Caxias, está em vias de desabamento com as tábuas soltas. Mas na prefeitura ela é tida como obra que sofreu 100% de reforma.

O prefeito também teria obrigado os funcionários, principalmente os comissionados e terceirizados, a irem para a posses dos conselheiros tutelares e a recepções que precisasse de volume de pessoas para justificar a sua falsa popularidade.

As manifestações tende a crescer. O prefeito Raimundo Magalhães vem perdendo popularidade e caído no descrédito da população, quando deixa de honrar os compromissos com funcionários públicos e investidores de obras municipais. O blog Movimento Polpular de Coari, diz que a dívida da prefeitura chega à casa do R$ 6 milhões só com o atraso de pagamentos.

Faixas e cartazes contra a falta de pagamento do 13º, que o prefeito não pagou aos funcionários.

Faixas exigindo o pagamento do 13º e salários dos funcionários municipais.

Continuando, o blog diz que o prefeito Raimundo Magalhães conta com o apoio e silêncio de 13 vereadores. Quando assumiu a prefeitura ele tinha apenas sete ao seu lado. A Câmara Municipal de Coari tem 15 vereadores. “A oposição a ele está reduzida, e a atual composição da Câmara tomou chá de silêncio sobre a péssima administração de Magalhães”, complementa o Blog Movimento Popular.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.