Amazonas Esportes

Com 163 atletas Amazonas disputa Jogos Escolares da Juventude, na Paraíba

Atletas credenciados para os JEJ-2016/Foto: Mauro Neto
Atletas credenciados para os JEJ-2016/Foto: Mauro Neto
Redação
Escrito por Redação
Atletas credenciados para os JEJ-2016/Foto: Mauro Neto

                             Atletas credenciados para os JEJ-2016/Foto: Mauro Neto

A delegação do Amazonas, composta por 163 atletas, embarca na segunda-feira (19), para João Pessoa, na Paraíba, onde disputará os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), no período de 20 a 30 de setembro, pela categoria infantil, com idade de 12 a 14 anos.
No total, uma média de quatro mil jovens de todo o Brasil estão arrumando as malas rumo ao maior evento esportivo estudantil do País, com a disputa de 13 modalidades, sendo: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, lutas, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei. O objetivo principal do evento é contribuir para a inclusão social através do esporte, além de servir de plataforma para a identificação de atletas para o alto rendimento.

“É com muita alegria que estamos contribuindo para que esses estudantes-atletas das instituições públicas e privadas possam participar de um evento tão importante. O Amazonas tem condições de se destacar em várias modalidades e a gente conseguiu testemunhar isso através do ótimo desempenho dos atletas nos JEAs (Jogos Escolares do Amazonas). Não tenho dúvidas que o número de medalhas será satisfatório e, mais que isso, conseguiremos oferecer o intercâmbio esportivo que é primordial para o aperfeiçoamento desses jovens”, destacou o titular da Sejel, Fabricio Lima.

Dos 163 atletas do Estado, 86 deles disputam as modalidades individuais, que ocorrem na primeira semana de competição e o restante vai encarar a por equipes, que acontece nos últimos dias. Para a coordenadora geral da deleção amazonense, Lilian Valente, o evento tem chances de revelar, inclusive, os próximos atletas olímpicos.

“A importância deste evento, inclusive, pode ser vista através dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Isso porque, esta competição é o maior celeiro de atletas olímpicos do país, revelando, a cada ano, novos talentos para o esporte brasileiro. Da delegação composta por 465 atletas do Time Brasil nos Jogos do Rio, nada menos que 51 já participaram dos Jogos Escolares da Juventude, representando quase 23% da delegação do Brasil”, citou Valente, exemplificando nomes como de Hugo Calderano (tênis de mesa), Venilton Torres Teixeira (Taekwondo), Leonardo de Deus (natação / 200m costas e 200m borboleta), entre outros.

Promessa de pódio – Uma das promessas para os Jogos Escolares da Juventude 2016 é Colégio Estadual Brasileiro Pedro Silvestre, que segue com a equipe infantil masculina pelo Vôlei de Quadra. Com a conquista inédita da vaga, o time está treinando diariamente durante quatro horas, em dois turnos, pela manhã e noite. A dedicação, inclusive, é a principal receita para se dar bem perante os adversários

“Com uma base formada por dez atletas, a garotada está empolgada para a primeira disputa esportiva da carreira estudantil. Em João Pessoa estarão as melhores escolas do Brasil e nenhum dos estudantes-atletas querem sair com derrota. Vamos nos dedicar ao máximo e aproveitar esta oportunidade”, disse o técnico Walhederson Brandão, que tem experiência quando o assunto é o pódio de JEJ, uma vez que o profissional comandava o time Juvenil de Vôlei, em 2014, quando a equipe foi ouro.

Para o ponteiro André Lucas, de 14 anos, a ansiedade pelas partidas não é maior que a vontade de se destacar. Para tanto, o foco do garoto, juntamente com o restante do elenco, parece estar pra lá de afiado.

“Contamos com o apoio da torcida, daqueles que vão representado outras modalidades e também dos amigos e familiares que ficam em Manaus. Vamos viajar para fazer o nosso melhor e estamos treinamos duas vezes ao dia, até aos sábados, e também jogando contra o time juvenil para testar nossos limites. Nossa meta nos treinamentos é o físico e também a visão de jogo tático, pois sabemos que as disputas lá não serão fáceis”, disse.

Campeão do JEAs – O Colégio Estadual Brasileiro Pedro Silvestre se credenciou para a disputa do JEJ ao vencer o La Salle por 18 a 16, no Tie Brake, na disputa do 39º Jogos Escolares do Amazonas (JEAs), que ocorreu em julho deste ano.

No naipe feminino do vôlei, as meninas do La Salle representarão o Amazonas pela categoria Infantil. O time, bicampeão pelo JEAs, é comandado pelo técnico Alexandre Chaves e garantiu vaga na etapa nacional após marcar 2 sets a 0, parciais de 25 a 13 / 25 a 14, diante do Adalberto Valle.

A capital paraibana, também, receberá a etapa do JEJ de 15 a 17 anos, entre 10 e 19 de novembro.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.