Amazonas Esportes

Com motivações distintas, Vasco e São Paulo decidem vaga da Copa do Brasil

São Paulo leva três gols de vantagem/Foto: Divulga;cão
Redação
Escrito por Redação

Vasco e São Paulo entram em campo hoje, quarta-feira, para decidir uma vaga na semifinal da Copa do Brasil de 2015, com  motivações distintas fora de campo. O Cruz-Maltino resolveu priorizar a luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro e vai mandar a campo um time reserva. Já o Tricolor Paulista tem uma motivação extra no retrospecto recente: já venceu o rival três vezes no ano e defende a enorme vantagem da vitória por 3 a 0 no jogo de ida. A bola rola às 22h00 (de Brasília) no Maracanã.
O Vasco vai tentar o primeiro resultado positivo diante do São Paulo em 2015. Acumula três derrotas para o Tricolor Paulista desde janeiro: no Torneio de Manaus (2 a 1), no Brasileirão (4 x 0) e no primeiro confronto pela Copa do Brasil. A missão, no entanto, não será fácil. Além da desvantagem no confronto de 180 minutos, o Cruz-Maltino vai poupar os seus titulares.

No São Paulo, se dentro de campo as coisas vão bem e o time tem uma grande vantagem, fora das quatro linhas o clube se vê no meio de vários problemas, como a polêmica contratação do zagueiro Iago Maidana, que será analisada pelo STJD, e o futuro do técnico Juan Carlos Osorio, que tem conversas com a Federação Mexicana para assumir a seleção que buscará uma vaga na Copa do Mundo de 2018. Com a vitória no Morumbi, a equipe pode perder por 2 a 0 ou três gols de diferença, desde que marque pelo menos uma vez.

Marielson Alves Silva, da Bahia, apita a partida, tendo como auxiliares Elicarlos Franco de Oliveira e Marcos Welb Rocha de Amorim, ambos também da Bahia.

Vasco: Jorginho não revelou a escalação, mas deixou claro que vai poupar jogadores por causa do desgaste físico e do foco na luta contra o rebaixamento no Brasileiro. Sem os titulares concentrados, o provável Vasco tem Jordi, Bruno Ferreira, Rafael Vaz, Jomar e Christiano; Guiñazu, Lucas, Seymour (Thalles ou Renato Kayzer) e Emanuel Biancucchi; Riascos, Herrera.

São Paulo: com muitos problemas no ataque, o treinador deve repetir o esquema tático usado contra o Grêmio, com dois atacantes e Ganso fazendo um papel de falso camisa 9. Nesse caso, Carlinhos e Wesley seriam os volantes. O time deverá jogar com: Rogério Ceni; Bruno, Rodrigo Caio, Lucão e Matheus Reis; Thiago Mendes, Carlinhos e Wesley; Ganso; Wilder e Alexandre Pato.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.