Mundo

Comércio em Caracas sofre onda de ataques violentos

ataque-em-mercados
Redação
Escrito por Redação

Na última quinta (9) uma onda de saques, tendo como alvo principais mercados e supermercados, atingiu favelas na periferia de Caracas, na Venezuela.

Segundo a Folha de São Paulo, os ataques deram início a intervenções policiais até o dia seguinte. Ao longo da sexta, policiais trocaram tiros com grupos envolvidos nos saques. A situação foi controlada no fim da tarde.

Os itens roubados envolvem mercadoria e também utensílios e balanças. Pertences dos funcionários foram roubados, o que alimenta suspeitas de que os saques foram iniciados por criminosos antes de serem aproveitados por pessoas comuns. A maioria dos invasores eram jovens.

“As pessoas chegaram do nada e entraram quebrando tudo. Não faço ideia de quando poderei reabrir a loja”, disse o gerente, que preferiu não ser identificado.

Um funcionário mostrou um ferimento na testa. “Me agrediram com uma barra de metal.”

A Venezuela vive um caótico momento de extrema polarização política, o que dificulta a interpretação da onda de saques e violência. Governo e oposição têm precedentes de usar civis para semear caos e violência visando seus objetivos e interesses políticos.

(Notícias ao Minuto)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.