Amazonas Formal & Informal

Comissão de transportes da CMM deve fiscalizar obra da Av. Eduardo Ribeiro

Redação
Escrito por Redação

Diante das denúncias de afundamento dos paralelepípedos da obra do primeiro trecho de revitalização da Avenida Eduardo Ribeiro, inaugurado há cerca de 1 mês, o vereador Waldemir José (PT) deu entrada nesta segunda-feira (7), no requerimento que solicita à Comissão de Transportes, Mobilidade Urbana e Obras Públicas da Câmara Municipal, com convite especial ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/AM), a realização de fiscalização às obras.

Conforme denúncias, vários pontos de paralelepípedos começaram a ceder e estão colocando em risco, pedestres e veículos bem antes da sua conclusão. Entre as ruas 10 de Julho e 24 de Maio, existem vários pontos onde as pedras estão se soltando ou, simplesmente, afundando, por causa do serviço mal feito na pavimentação.

De acordo com matéria publicada no último dia 5, pelo portal Correio da Amazônia, a tão divulgada revitalização dessa área, com custo inicial de aproximadamente R$ 9 milhões, tinha por objetivo recuperar as pedras tipicamente portuguesas e os paralelepípedos que compõe o pavimento original, escondido pelo asfalto e calçadas.

Para Waldemir isso é um problema, “não somente pelos novos transtornos à população, mas, sobretudo pelos recursos investidos, uma vez que houve um aditivo ao orçamento inicial e o valor pulou para R$ 9,8 milhões, podendo chegar ao dobro disso”.

Assessoria de Comunicação – Jane Coelho

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.