Amazonas Cultura

´Concertos Matinais´: mais uma edição no Centro Cultural Palácio da Justiça

Orquestra de Câmara do AM, apresenta concerto "Estações"/Fotolgação
Redação
Escrito por Redação
Orquestra de Câmara do AM, apresenta concerto "Estações"/Fotolgação

             Orquestra de Câmara do AM, apresenta concerto “Estações”/Foto: Divulgação

Que tal tomar um bom café ouvindo boa música? E, para o seu deleite dominical, acontece no domingo (04), mais um evento que integra os “Concertos Matinais” em mais uma edição do projeto Café Concerto, no  Centro Cultural Palácio da Justiça, em Manaus, a partir das 11h00, com entrada gratuita e apoio do Café Manaus.
O concerto, intitulado Estações, fica a cargo da Orquestra de Câmara do Amazonas, sob a regência e direção musical do maestro Marcelo de Jesus, e contará com peças de autoria do argentino Astor Piazzolla e do italiano Antonio Vivaldi.

De Vivaldi, a OCA interpreta a obra As Quatro Estações. Composta em 1723, a peça é mais famosa composição de Vivaldi, e em quatro concertos, cada um com três movimentos, mostram a primavera, o verão, o outono e o inverno, no melhor estilo barroco.

Em seguida, a orquestra viaja para o século XX, e executa o tango Primavera Porteña, de Astor Piazzolla. Composta em 1970, a peça é a terceira dasCuatro Estaciones Porteñas, também de Piazzolla, escritas originalmente para violino, violoncelo, viola e contra-baixo. Entre 1996 e 1998, as peças foram rearranjadas para orquestra de cordas pelo russo Leonid Desyatnikov.

O concerto será totalmente interativo e contará com as interpretações dos alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, Wesley Lira e Bogdan Hudzelaits. “A ideia é aproximar o público dos instrumentos clássicos e estimular o estudo da música, ressaltando o primoroso trabalho executado pelo Governo do Amazonas, por meio do Liceu”, destacou o idealizador do projeto, maestro Marcelo de Jesus.

O Café Concerto conta ainda com as participações dos violinistas Elena Koynova e Fernando Lima, que também desmistificarão o instrumento junto ao público presente, mostrando que a música não tem fronteiras e nem idade para que quer seguir na área. O evento promete, ainda, muitas surpresas.

Para o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o concerto será uma oportunidade ímpar para as pessoas desfrutarem da boa música. “Será um momento sem igual, onde veremos uma de nossas orquestras em ação, além, claro, de poder vivenciar a música, junto à família e amigos”, afirma.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.