Amazonas Política

Conferência termina com propostas para garantir direitos da Criança e do Adolescente

O encerramento da Conferência Municipal/Foto; Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Reunidos durante três dias, jovens, técnicos, pedagogos, professores, autoridades e representantes de organizações não governamentais, encerraram, na sexta-feira (29), a 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O principal objetivo do encontro foi a elaboração do Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos municipais. As discussões e debates foram realizados no auditório Belarmino Lins da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Divididos em grupos de trabalho, os mais de 300 participantes elaboraram cerca de 10 propostas que abrangeram cinco eixos temáticos: promoção, proteção, protagonismo e participação, controle social e a gestão da política Nacional dos direitos da criança e adolescente. Esses eixos estão em conformidade com o plano decenal nacional.

Após discussões e debates nos grupos, as propostas foram levadas ao conhecimento de todos. A condenação da discriminação de qualquer natureza, a inclusão em todos os níveis dos deficientes ou portadores de necessidades especiais e a garantia por meio de políticas públicas e o fortalecimento das redes de proteção a criança e ao adolescente, foram questões que permearam as reivindicações dos jovens. Além disso, os conferencistas decidiram apoiar a luta para que os jovens tenham uma maior participação na formação dos próprios conselhos. O Plano Decenal de Manaus deverá estar pronto até o final do ano, para ser implementado de 2016 até 2026. No final, os participantes escolheram 20 delegados que vão levar as propostas para um encontro estadual.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.