Formal & Informal

Confusão, revolta e criticas a Arthur Neto pelas trapalhadas no T2 da cachoeirinha

Redação
Escrito por Redação

Confusão, protestos, criticas e até xingamentos viraram rotina no Terminal de Integração da Cachoeirinha (T2). Tudo por conta das trapalhadas do prefeito Arthur Neto, que transformou o T2 em Estação de Conexão, obrigando milhares de usuários a pagar mais uma passagem para chegar ao destino.

“O prefeito tá maluco. Ele definitivamente não gosta da gente da periferia. Só faz obra no Centro e na Ponta Negra e agora quer forçar o trabalhador a pagar mais para se deslocar para o trabalho. Não tem meu voto nunca mais”, protesta Carlos Vieira Santos, morador do Educando e que agora diariamente terá de pagar 6 reais a mais, três na ida e três na volta, para se deslocar de casa para o trabalho no bairro da Glória.

T2

Após reclamação generalizada, o prefeito tucano recuou e anunciou que o T2 voltaria a fazer integração. Mas não disse quando isso passaria a acontecer, se é agora ou depois das eleições. Enquanto isso a população continua pagando várias passagens para chagar ao seu destino.

Em uma gravação no seu programa eleitoral, o prefeito disse que: “Depois desse contratempo, as pessoas vão perceber que ganharam o terminal mais bonito e funcional do Norte”, desconversa o prefeito. Parecendo mais uma promessa de campanha.

Arthur Neto tentou colocar a culpa da confusão formada no T2 no Plano Diretor de Manaus, aprovado pela Câmara Municipal, e no ex-superintendente Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho, que foi demitido logo que as reclamações sobre o T2 começaram.

“O que o prefeito pensa é Que a gente é leso. Ele é quem manda e desmanda na prefeitura. Nada é feito sem a ordem dele”, afirma a estudante Lívia Souza.

Em entrevista à rádio Tiradentes na manhã desta sexta-feira (16), o novo titular da SMTU, Major Thiago Balbi, afirmou que o terminal ainda passará por reformas para poder voltar a ser de integração. “É preciso adaptar a obra para que tenha de volta os guichês de atendimento”, disse.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

error: Ops! não foi dessa vez.