Brasil

Consumidores prometem boicote a operadoras de banda larga

boicote-nas-bandas-largas
Redação
Escrito por Redação

Os consumidores brasileiros estão indignados diante da possibilidade de que as operadoras passem a impor franquia para o consumo de banda larga fixa. O debate começou quando a Vivo informou que os novos contratos de internet fixa terão uma cláusula que permite bloqueio após o limite estabelecido por mês, que varia de 10 GB a 130 GB.
Depois, outras operadoras sinalizaram interesse em adotar a mesma política.

Grupos e petições se espalharam pela internet desde o comunicado. No Facebook, o evento “CANCELAÇO – Internet Fixa” acumula mais de 34 mil confirmados. A ideia dos criadores é boicotar as empresas caso a medida se mantenha, noticia o HuffPost Brasil. Também surgiram os grupos “Movimento Internet sem Limites”, com mais de 349 mil curtidas e o abaixo assinado “Contra o Limite de na Franquia de Dados da Banda Larga”, que deve ser enviado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

No entanto, cancelar seu plano de internet pode não ser uma boa ideia se o seu contrato foi firmado antes de 5 de fevereiro deste ano. O limite de dados só é válido para quem contratou o serviço depois dessa data. Os planos não mudam para quem firmou contrato antes desse dia.

A Vivo, porém, não parece estar disposta a recuar. Em entrevista ao site Tecnoblog, o Chief Revenue Officer da Telefônica Vivo afirmou que botar limite na internet fixa é “um caminho sem volta, por ser uma tendência adotada mundialmente”.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.