Cidades

Corpos de casal atingidos por fio de alta tensão são velados em Manaus

Redação
Escrito por Redação

Familiares e amigos do casal Valdemir Rodrigues do Nascimento, de 39 anos, e Valdeane Augusto do Nascimento, de 28 anos, atingidos por descarga elétrica na noite de domingo (5), foram se despedir na manhã desta segunda-feira (6), durante o velório na Igreja Evangélica Shekinah de Jeová, no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus. A tragédia deixou 12 pessoas feridas. Um bebê de 12 meses, filha do casal, segue internada em estado grave no hospital.

De acordo com informações do tenente Veranildo Souza, do Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 17h, na Rua Oriente, Comunidade da Sharp, bairro Armando Mendes, na Zona Leste, durante um bingo beneficente de uma igreja para arrecadar dinheiro.

Um grupo de jovens estava soltando pipas quando a linha de cerol entrou em contato com a fiação elétrica, causando o rompimento. Um dos fios começou a ricochetar na rua e atingiu as pessoas, a maioria crianças. A Eletrobras Amazonas Energia informou que presta auxílio às vítimas.

Valdenir segurava a filha de 12 meses no colo quando foi atingido pelo fio de alta tensão - foto: divulgação/acervo pessoal

Valdenir segurava a filha de 12 meses no colo quando foi atingido pelo fio de alta tensão – foto: divulgação/acervo pessoal

Valdenir morreu no local e Valdeana morreu a caminho do Pronto-Socorro Dr. João Lúcio. O casal estava junto com três filhos, sendo um menino de seis anos, uma menina de três anos e um bebê de 12 meses. As crianças foram hospitalizadas após o acidente. Larissa Augusto Nascimento, que estava no colo do pai quando foi atingida pelo fio segue internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Familiares informaram que os corpos do casal serão encaminhados ainda nesta manhã para o Estado do Maranhão, onde ocorrerá o sepultamento.

Ainda na manhã desta segunda-feira, técnicos da Eletrobras estiveram realizando inspeções no local, onde foram constatados objetos estranhos na rede elétrica.

Desespero

Os moradores relataram momentos de desespero. Muitas pessoas estavam reunidas jogando o bingo, quando o fio de alta tensão rompeu e começou a ricochetar no chão.

Uma das testemunhas, Silvane Paiva, de 35 anos, estava na rua no momento do acidente. O filho dela, Pedro Ferreira Neto, de 11 anos e um vizinho, de 13, foram atingidos pela fiação. Os dois adolescentes foram levados desacordados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Um carro de uma das pessoas chegou a pegar fogo.

“Foram momentos de pânico. Eu fiquei desesperada, quando o fio caiu em cima deles. A sorte é que meu marido puxou meu filho logo assim que o fio o atingiu. Já o meu vizinho foi levado para o hospital em estado mais grave”, disse.

Uma equipe da perícia criminal do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) foi ao local para investigar o caso. A Eletrobras Amazonas Energia também enviou equipes ao local para fazer reparos na fiação elétrica e avaliar as causas do acidente.

Por meio de nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas lamentou o ocorrido e informa que, no momento do acidente, pessoas soltavam pipas (papagaios de papel) com linha de cerol. O barbante teria entrado em contato com a rede elétrica de média tensão da distribuidora, causando o rompimento do cabo.

“A empresa por meio da assistência social prestará todo o auxílio necessário às famílias das vítimas.  A Eletrobras Distribuição Amazonas reitera o seu compromisso com a população do Estado do Amazonas em oferecer energia segura e de qualidade, contribuindo para o bem estar de seus clientes e o desenvolvimento econômico da região”, informou a nota.

Confira a lista de feridos

Crianças e adolescentes – David Luis Viana, de 1 ano e 5 meses, Irlan Nascimento Rodrigues, de 6 anos (tiveram alta médica), Victor Matos da Silva, de 13 anos, Pedro Ferreira Neto, de 11 anos, Maria Eduarda Ferreira, de 11 anos, Raiane de Souza Viana, de 16 anos, , Larissa Augusto Nascimento, de 11 meses (segue na UTI), Lara Estefane Nascimento Rodrigues, de 3 anos.

Adultos – Leda Maria Moraes da Silva Maciel, de 39 anos, Márcia Natividade Pereira, 22 anos, Maria Iracema Natividade Ferreira, de 38 anos, e Maria Auxiliadora Gomes de Oliveira, de 43 anos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.